39ª Feira do Livro de Camaquã

Feira do Livro de Camaquã encerra amanhã dia 6 de outubro na praça Dr. Donário Lopes

Na noite da quarta-feira (02), aconteceu a solenidade de abertura da 39ª Feira do Livro, que iniciou dia e se estende até amanhã dia 6 de outubro na praça Dr. Donário Lopes. Este ano houve o retorno da feira a sua origem, que após mais de 30 anos encontra-se novamente da praça central da cidade.

Segundo os proprietários do Sebo Dom Quixote, João Borges e Tuli Borges, os quais participam a mais de 10 anos da feira do livro de Camaquã, o retorno à praça Dr. Donário Lopes, relembra o início do evento nos anos de 1980, “ficou excelente o formato e o retorno da feira para o seu local de origem”, declararam.

Neste ano a feira conta com a participação de 10 livreiros, de quatro cidades que divulgam suas livrarias em todo o Estado.

A feira tem como patrono o professor, escritor e colaborador do Instituto de Historia Regional da Universidade Mainz da Alemanha, Rodrigo Trespach, o qual é natural de Osório, além de ser autor de artigos para jornais e revistas brasileiras e internacionais.

Na abertura estavam presentes o prefeito municipal de Camaquã, Ivo de Lima Ferreira, vice-prefeito, Jair Martins, Mário Garcia, secretário da Cultura e demais secretários, como também o presidente da Câmara de Vereadores, Fabiano Medeiros, presidentes do Sindilojas, Otávio Moraes e Paulo Pankowski da ACIC, representantes de entidades, convidados e escritores que integram a CAPOCAM.

O retorno da feira para a Praça Dr. Donario Lopes, tem a parceria do Executivo Municipal, através da SMCTLDJ, Fecomércio  e Sesc. Os quais uniram forças para realizar uma feira diferenciada, a qual contorna a famosa Foca Maroca.

O secretário Mário em sua fala, saudou a todos os presentes, principalmente a comitiva vinda da cidade de Capivari do Sul, lembrando o tema “Memórias e Histórias”, e por lema, “Com o Passado e o Presente Construímos o Futuro”. Com destaque para a comemoração dos 180 anos da epopeia de Giussepe Garibaldi e 180 anos do nascimento de Machado de Assis.

A cidade de Capivari do Sul é a homenageada deste ano, pelo vinculo histórico com Camaquã, já o prefeito de Capivari do Sul, Marco Antônio Monteiro Cardoso, agradeceu a lembrança de Camaquã em homenagear seu município, através da epopeia farroupilha que até hoje esta gravada na história do Rio Grande do Sul.

Em sua mensagem a historiadora Elma Sant’ana, relatou a sua emoção em ajudar a unificar os dois municípios que tem como vínculo, Giussepe Garibaldi. Como também a sua alegria em conhecer o tumulo da primeira dama do Estado, Caetana Gonçalves.

Daiane Ribeiro Pereira, sub-gerente do Sesc, agradeceu a oportunidade de ser parceira da 39ª Feira do Livro, finalizando que “sem a união não se faz nada.”

O patrono Rodrigo relatou que após quase 4 décadas, Camaquã apostou no livro que transforma a sociedade através da leitura, todos nós temos um vinculo com o livro. Finalizou declarando, “leia seja parceiro desta ideia.”

Em sua fala o prefeito Ivo de Lima Ferreira, saudou a toda comitiva de Capivari do Sul,

que esta presente ao evento,  como aos parceiros, explanando que, “este elo de parceria é fundamental para que possamos realizar a todos os eventos que estão em nosso calendário,” O Executivo Municipal, d

eclarou que irá ser construída a réplica do barco Seival, para começar a alavancar o turismo em Camaquã.

Para finalizar a solenidade foi realizado a apresentação da Orquestra de Câmara Getúlio Vargas, que trabalha com crianças de 7 à 18 anos, localizada no Cras Getúlio Vargas.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios