Arroz Cachinho é destaque em reality show culinário

0

Sentinearroz-cachinhola do Sul – O arroz cachinho foi destaque durante a apresentação de ingredientes de um prato feito em um reality show em São Paulo. Tudo começou durante um encontro em Pelotas/RS pela Embrapa Clima Temperado, em que no mês de maio o chef gastronômico Marcos Livi coletou dados sobre cultivares desenvolvido pela pesquisa agropecuária para a região sul do País. Ele ficou impressionado com a variedade de produtos resultantes dos trabalhos de pesquisa aqui no estado.
O chef percorreu o Rio Grande do Sul para reunir informações que valorizassem as origens culinárias do estado e produzir um documentário a ser apresentado em uma aula-show no Rio Grande do Sul. Para a preparação de seus pratos culinários, o chef isenta a presença de proteína animal e então despertou sua atenção às frutas nativas como o butiá, as variedades de pimentas e, principalmente o arroz cachinho, os quais foram usados em sua aula-show.
Marcus Livi possui dois restaurantes em São Paulo, ambos em bairros nobres. Em seu reality, Livi apresentou um doce feito com arroz cachinho.
Na estrutura do programa foram propostos vários temas como, serra, pampa ou mar, com pesquisas dos produtos com característica diferente dentro do contexto histórico e a partir dali foi elaborado um prato.

O documentário
Jones Carvalho, atual vereador, e ex-presidente da Associação dos Produtores de Arroz Cachinho, foi convidado a participar do documentário onde contou a história da produção do cereal no município. Ele conta que o material foi apresentado pela primeira vez em maio na Embrapa e depois na Fenadoce em Pelotas onde tinham estudantes de gastronomia, nutricionistas, e foi neste encontro que os participantes conheceram o arroz junto de outros produtos. No evento foi despertado o interesse pelo arroz cachinho, onde os participantes entraram em contato sugerindo a proposta de ser realizado o documentário.
Jones Martins Carvalho ressalta que o arroz foi bem apresentado no realitiy, sendo que os participantes ainda destacaram o agricultor responsável pelo produto. “Foi criado um vínculo e todo um contexto histórico e, aí surgiu a ideia junto a Embrapa de montarmos este documentário no dia 21 de julho”, contou.
Quando estava apresentando o prato, Livi falou do arroz cachinho que foi produzido pelos agricultores e também sobre este vínculo histórico com município, sendo que o grão é cultivado a mais de 100 anos em Sentinela do Sul. Destacou também que o produto movimenta a economia local, sendo um produto diferenciado e livre de agrotóxicos. O chef culinário apresentou o vídeo para os expectadores saberem de como surgiu o projeto até chegar a Embrapa.
Jones foi convidado para representar os agricultores na Embrapa. “Lá além de nós fazermos o bolinho de arroz, também levamos mais uma amostrinha, pesando entre 200 e 300g”, lembrou ele. Para conferir o documentário completo basta acessar o link do You Tube: www.y outube.com/watch?v=N0Iln3QuIPs

arroz-cachinho1
         Jones e Marcos Levi durante evento

Sobre o Arroz Cachinho
A plantação do arroz cachinho faz parte de um projeto, iniciado em 2009, com o objetivo de melhorar a qualidade da semente para ampliar a comercialização e o rendimento dos produtores e ainda criar uma identidade municipal atrelada ao cultivo do cereal, tradicionalmente plantado e consumido pelas famílias da região. Já em 2010, a Assembleia Legislativa do Estado nomeou o município como a capital gaúcha do arroz cachinho.
O arroz cachinho é um arroz do tipo grão curto. Possui formato um pouco mais arredondado e adquire uma consistência mais cremosa depois de cozido. Na culinária gaúcha, é utilizado em pratos como o arroz de carreteiro, arroz com galinha e arroz com leite.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.