Assembleia aprova projeto que garante o acesso dos CTGs a recursos do Pró-Cultura

Por unanimidade, a Assembleia Legislativa aprovou nessa terça-feira (3) o projeto de lei 415/2015, que altera a Lei 13.490, de 21 de julho de 2010, facilitando assim o acesso dos Centros de Tradições Gaúchas (CTGs) a recursos do Sistema Estadual Unificado de Apoio e Fomento às Atividades Culturais (Pró-Cultura). A proposição é de autoria do líder da Bancada do PDT no Parlamento gaúcho, deputado Gilmar Sossella, e tramitava no Parlamento há três anos.
Com a mudança, os CTGs poderão solicitar recursos para construção, restauro, preservação, conservação e reforma de suas sedes. “A aprovação desta proposta nos deixa muito felizes porque queremos mudar esta realidade e valorizar os CTGs, o verdadeiro manancial da cultura gaúcha. Muito mais do que contribuir com a preservação de nossas tradições, estas entidades promovem o encontro de gerações, desenvolvem o respeito, a responsabilidade, a hospitalidade e a solidariedade entre as gerações”, enfatizou Sossella. O deputado também agradeceu ao apoio que recebeu para a aprovação do projeto de lei.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios