Brigada Militar prende grupo que assaltava em Sentinela do Sul

0
1632

A onda de crimes que têm assustado a região também tem mobilizado a polícia , tanto militar quanto civil, no combate desta mazela e apesar do reduzido número de servidores em seus efetivos as corporações vêm dando respostas positivas à população.
Neste sentido na tarde desta segunda-feira, 16 de abril, uma ação da Brigada Militar, das cidades de Tapes e Sentinela do Sul, resultou na prisão de quatro criminosos que estavam praticando assaltos em propriedades rurais de Sentinela do Sul.
Os quatro elementos tripulavam duas motos roubadas e na localidade de Cerro do Criciumal, interior do município, abordaram moradores de duas propriedades e furtaram diversos pertences das casas. Num dos assaltos eles chegaram a disparar uma arma de fogo, contudo não feriram as vítimas.
Minutos antes, por volta das 16 horas, a Brigada Militar de Sentinela do Sul havia sido informada da atitude suspeita dos condutores das motos, uma verde outra vermelha, na referida localidade quando uma guarnição saiu em averiguação. Na estrada, em direção ao local indicado os policiais se depararam com os suspeitos de acordo com as características mencionadas, que ao avistarem a viatura empreenderam em fuga.
Durante a perseguição as duplas de criminosos se separaram e a guarnição seguiu uma delas em direção a sede municipal de Sentinela do Sul, conseguindo detê-los e prendê-los já na cidade.
Os outros dois seguiram em direção a Camélia, interior de Tapes, onde os policiais militares do município, orientados pelos colegas sulsentinelenses interceptaram a dupla e efetuaram a prisão.
Além das motos roubadas a polícia apreendeu com os assaltantes um revólver calibre 32 e diversos pertences das vítimas dos roubos. Os presos foram encaminhados para a DPPA de Camaquã para ser feito o registro e demais trâmites legais.
Até o omento a polícia informou apenas as iniciais dos primeiros nomes dos presos sendo R, N, D e o menor W.
Fotos: Brigada Militar / Divulgação Whatsapp

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.