Camaquã – Claiton Silva (PDT) fala sobre a presidência da Casa de Leis

0
101

A nova Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Camaquã, para o ano de 2018 foi eleita durante a sessão realizada no dia 26 de dezembro, quando a chapa única foi eleita por unanimidade dos vereadores.
A nova composição traz como presidente o professor Claiton Silva (PDT), vice-presidente Marco Longaray (PT), 1º secretário Claudinho Abreu (PMDB) e 2º secretário Marcelo Gouveia (PSB).
Falando sobre as projeções do ano de 2018 o novo presidente concedeu entrevista ao jornal Regional. Confira:

Regional: Quem é Claiton Silva da Silva?
Claiton:
• Filho de Claudio Pereira da Silva (moleiro em engenho de arroz) e de Lenir Dumer da Silva (agricultora);
• Esposo de Denise Gisele Jass Silva (professora de Educação Infantil).
• Genro de Ruy Edi Jass e Luiza Eni Jass (Agricultores);
• Professor da Rede Municipal de Ensino de Camaquã;
• Membro da Igreja Batista Pioneira de Camaquã;
• Graduado em História pela UCPEL;
• Graduado em Pedagogia pela UNIASSELVI;
• Pós-graduado em Gestão Escolar pela UFRGS;
• Refundador e Presidente do Grêmio Estudantil Ana César por 3 anos;
• Presidente do Grupo de Jovens da Igreja Batista Pioneira por 4 ano;
• Coordenador Geral da JUMAP Pampa por 2 anos;
• Integrante da equipe que implantou o Ensino Médio na Escola XV de Novembro na Santa Auta;
• Presidente da Associação Comunitária do Bonito – Gestão 2013/2015;
• Integrante da Equipe que elaborou o Plano Municipal de Educação de Camaquã para o decênio 2016/2025;
• Presidente do Conselho do FUNDEB – Gestões: 2014/2015 e 2016/2017;
• Diretor da EMEF Otto Laufer nas Gestões: 2010/2013 e 2014/2017;
• Já desenvolvi diversos trabalhos em minha vida: vendedor de picolé e sorvete, vendedor de rapadurinha, cobrador, balconista, copista, trabalhei na colheita do fumo e desde o ano de 2000, professor;

Regional: O que os camaquenses podem esperar desta nova mesa diretora?
Claiton: A composição da Mesa Diretora foi um trabalho articulado com várias forças políticas do Legislativo Camaquense e que respeitou a pluralidade e a representatividade dos partidos. Muito me orgulha ter sido eleito, conjuntamente com os vereadores Marco Longaray – PT (Vice-presidente), Claudinho Abreu – PMDB (1º secretário) e Marcelinho Gouvêa – PSB (2º secretário), de forma unânime por nossos pares, demonstrando uma unidade dos vereadores na Câmara e a disposição de todos em superarmos os desafios e as dificuldades que porventura se apresentem para o ano vindouro.
A frente do Poder Legislativo, sob a tutela do mais alto espírito republicano, que deve guiar as decisões de um homem público, estarei diuturnamente, a disposição da comunidade e espero ter uma relação de respeito mútuo e trabalho compartilhado com o Poder Executivo, a serviço da comunidade.

Regional: O que será tratado como prioridade na Casa de Leis durante sua presidência?
Claiton: Primaremos pelo diálogo franco e aberto entre os poderes e com a comunidade camaquense; procurando cada vez mais a Integração do Legislativo com as comunidades Urbanas e Rurais de nosso município; E a abertura da Casa do Povo, aos grandes Debates e a parcerias, que aproximem o Poder Legislativo dos estudantes, das minorias, das entidades de classe, dos sindicatos, das associações, etc.

Regional: Como fica a relação desta nova mesa diretora com o Executivo Municipal?
Claiton: Somos uma Mesa composta por vereadores de oposição, que respeitará a independência dos poderes, mas que pretende trabalhar em pleno diálogo com o Poder Executivo, pelo bem da comunidade, primando pela harmonia entre os poderes e deixando os debates e contendas que fogem ao interesse coletivo, e só trazem prejuízos a população camaquense de lado. Embora os poderes sejam independentes, eles estão intrinsecamente relacionados e necessitam de constantes ações articuladas, para o andamento da máquina pública e do município como um todo. Inclusive estaremos em momento oportuno, realizando conjuntamente com os demais integrantes da Mesa Diretora, uma visita institucional ao chefe do Poder Executivo, em uma demonstração de abertura para o diálogo.

Regional: Qual o principal desafio em presidir o legislativo camaquense?
Claiton: É importante, inicialmente, destacar a honra de ter sido eleito para estar a Frente do Poder Legislativo, em meu primeiro mandato, e apenas no meu segundo ano como Legislador.
Os Desafios são grandes! E um dos principais será o de estabelecer um canal de diálogo entre o Executivo e o Legislativo, sem interferência de um poder no outro, uma vez que a décadas uma mesa de oposição não era eleita no município.

Regional: O que dá pra melhorar na Câmara?
Claiton: Primeiramente é importante ressaltar, que estou recebendo um Poder Legislativo organizado institucionalmente, saneado financeiramente, e com grande capacidade de trabalho. Fruto de gestões já muito qualificadas e comprometidas com a Comunidade.
Essa é uma legislatura que alterou 11 dos 15 vereadores da casa, a Comunidade no exercício da cidadania, vem mostrando um interesse e vigilância cada vez maior pela atuação do Parlamento Camaquense, e creio que esse segundo ano de Legislatura será altamente qualificado com ações individuais e coletivas em prol da comunidade e de todos os Parlamentares.

Regional: Fique a vontade para colocar mais alguma coisa que não tenha sido perguntada.
Claiton: Os camaquenses podem esperar de mim, uma referência incansável na busca de soluções dos problemas do cotidiano, que interferem na qualidade de vida das pessoas e também ações de um homem público com coragem para debater as grandes questões do futuro, que interferem no desenvolvimento do Município e da nossa Sociedade. Pela primeira vez na história recente do Parlamento Camaquense, uma Mesa Diretora é eleita de forma unânime, algo que aumenta sobremaneira a nossa responsabilidade e reforça o compromisso e a necessidade de primar pela democracia, diálogo e harmonia. Por fim como Presidente da Câmara tenho muito a aprender, e desde já me coloco a disposição de toda a comunidade para ouvi-la e juntos encontrarmos soluções para nossos problemas, conflitos e anseios.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here