Casos de envenenamento de cães são registrados em dois municípios da região

0

Moradores de Cerro Grande do Sul usaram as Redes Sociais para denunciar que cães de rua e até mesmo animais de estimação estão sendo envenenados com o uso de chumbinho, produto clandestino que é irregularmente utilizado como raticida.

Na cidade os casos de maus-tratos estariam ocorrendo nas redondezas da rua Jorge Alfredo Henning, onde até mesmo animais de dentro dos pátios morreram após consumirem alimentos envenenados.

Mortes geram indignação e revolta

Joanice Mücke, professora e defensora da causa animal, usou seu perfil no facebook para denunciar o envenenamento dos cães. A denunciante postou uma foto de um dos animais que acabou não resistindo aos sintomas do veneno e acabou morrendo.

Polícia investiga mortes em Tapes

Recentemente na cidade de Tapes moradores do bairro Wolf também denunciaram através das Redes Sociais que cães e até mesmo gatos estariam morrendo após terem ingerido comida contendo veneno. No bairro cerca de 20 cães teriam vindo a óbito ou tiveram que serem sacrificados por apresentarem sintomas de envenenamento. Diante do caso a Delegacia de Polícia Civil abriu um inquérito para identificar os responsáveis por tamanha atrocidade, contudo até agora ninguém foi responsabilizado. Protetores dos animais cobram do município políticas voltadas ao controle de natalidade de cães de rua.

De forma geral, os sintomas mais comuns nas intoxicações por venenos em cães e gatos são:

*Quadros convulsivos;

*Apatia: o animal não responde a estímulos e há mudança brusca do comportamento normal;

*Salivação excessiva, misturada ou não com vômitos;

*Podem ocorrer fortes tremores musculares ou fraqueza, o animal pode não conseguir ficar de pé;

*Pode apresentar sangue na urina e ou diarreia.

Confira toda a reportagem com entrevista na edição impressa desta semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here