Comitiva busca informações sobre projeto de asfalto da ERS-715

Cerro Grande do Sul – Um grupo sulcerrograndense formado pelos vereadores Vilson Júnior, Evaldo de Souza, Floriano Vaz, Alairto Raphaelli e pelo chefe de redação do jornal Regional, Cicero Omar da Silva, – representando também o Movimento ERS-715 Asfalto Já – esteve em Porto Alegre por duas oportunidades nesta primeira quinzena do mês de agosto buscando informações sobre o projeto de asfaltamento da rodovia que liga o município a BR-116.

Na primeira oportunidade, dia 07, a agenda se cumpriu na Assembleia Legislativa numa reunião no gabinete do deputado Eduardo Loureiro, que preside a Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios sem Acesso Asfáltico. Na ocasião a comitiva foi recebida pelo chefe de gabinete Fabiam Thomas e com Paulo Berté, assessor parlamentar, com os quais foi protocolado um pedido de intervenção da frente parlamentar para a convocação de uma audiência pública no município, para tratar do assunto.

A proposta é que o encontro reúna representantes do Governo do Estado, sobretudo da secretaria de Logística e Transportes e do DAER, para atualizar as informações sobre a readequação do projeto de pavimentação da rodovia com vistas a montar estratégia de ações que possam dar encaminhamentos aos trâmites necessários para que o mesmo tenha efetivas condições de captação de verbas e execução.

Por meio do gabinete de Loureiro foi agendada uma reunião no DAER e o grupo retornou a capital nesta quarta-feira (14), se reunindo com o diretor adjunto do departamento, Marcos Aurélio Michelin e a Engenheira Lia Rech, em busca de informações sobre o projeto, sobretudo de ordens técnicas com vista a ajustar qualquer incoerência que impossibilite a inclusão da obra em um certame licitatório, numa possível liberação de recursos do governo estadual.

“Sabemos que existem pendências de ordem contratual com a empresa Procon que era responsável pela execução do antigo projeto. Queremos saber se a readequação do projeto foi concluída e orçada. Ventilou-se inclusive a possibilidade de dividir o trecho em dois lotes, porém de nada temos certeza e queremos nos certificar que tudo isso seja resolvido para não ficarmos de fora do próximo anúncio de recursos”, explicou Cicero aos representantes do DAER.

A engenheira Lia Rech se comprometeu em levantar todas as informações referente ao projeto e comunicar o grupo para que haja um novo encontro onde elas serão apresentadas. O gabinete de Loureiro ficou responsável pelo monitoramento das ações e auxílio ao DAER, através da frente parlamentar na obtenção de dados junto aos municípios e cruzamento destas informações de modo a mantê-las atualizadas.

Luta por recursos financeiros

Enquanto lideranças municipais se esforçam buscando apoio político para garantir que a ERS-715 tenha suas obras de asfaltamento retomadas o mais breve possível, uma força tarefa gaúcha, que inclui a Frente Parlamentar em Defesa dos Municípios sem Acesso Asfáltico e a Famurs, presidida por Eduardo Freire, busca em Brasília a destinação de recursos para viabilizar o custeio destas obras.

No Distrito Federal, na quarta-feira (07), Freire e Loureiro se reuniram com o deputado federal Giovani Cherini, coordenador da Bancada Gaúcha na Câmara dos Deputados solicitando a destinação de uma emenda parlamentar de bancada para finalizar as obras de acesso asfáltico de 57 municípios gaúchos.

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: