Em 36 horas Tapes registra dois assassinatos

Crimes podem ser motivados por desavenças envolvendo o tráfico de drogas

A cidade de Tapes registrou em 36h duas mortes violentas que podem ter ligação com a disputa envolvendo o tráfico de drogas. A primeira execução ocorreu na madrugada do último domingo (17), na Vila Nova, por volta das 2h da madrugada, quando segundo relatos, ao menos três homens chegaram em uma residência localizada na rua Lívio Araújo, bateram na porta de uma casa onde estavam quatro pessoas.

Ao abrir a porta um dos moradores da residência foi surpreendido pelos criminosos que atiraram contra o mesmo. A vítima foi identificada como Diego Ferreira Campos, de 32 anos, que morreu no local do crime. As outras pessoas que estavam no interior da residência fugiram pela porta dos fundos e acionaram a Brigada Militar que fez buscas, contudo não localizou os assassinos. Segundo informações, o crime pode ter sido cometido por disputa envolvendo o tráfico de drogas na cidade.

Igor era conhecido como “Salsichão”

Já a segunda execução foi registrada no início da noite de segunda-feira (18), no bairro Arroio Teixeira. Na ocorrência um homem identificado como Igor da Rosa Nunes foi morto a tiros. A polícia ainda não sabe o que teria motivado o crime, mas não descarta que a execução possa ser uma vingança já que a vítima cumpria uma sentença por homicídio. Testemunhas afirmaram que os assassinos chegaram em um carro branco e executaram a vítima. Uma criança também teria presenciado o crime.

A Polícia Civil instaurou um inquérito para elucidar os fatos e identificar os responsáveis pelos dois assassinatos.

 

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: