Entidades trabalham pela efetividade do Susaf-RS no estado

0
Fetag se reuniu com Famurs, Emater e SDR para tratar do assunto.

Nesta terça-feira, dia 16, a Comissão de Agroindústrias Familiares da FETAG se reunirá, às 9h30min, na sede da Federação, em Porto Alegre, tendo como pauta o Decreto 54.189, que regulamentou o Susaf-RS, bem como a Instrução Normativa Seapi nº 10.
Na última quarta-feira (10), a Fetag reuniu em sua sede, em Porto Alegre, dirigentes e técnicos da Emater, da FAMURS e da SDR para traçar ações e estratégias para fazer acontecer na ponta o Sistema Unificado Estadual de Atenção à Sanidade Agroindustrial Familiar, Artesanal e de Pequeno Porte (Susaf-RS). No dia 13 de agosto foi assinada a Instrução Normativa Seapi nº 10/2018, que tem como objetivo operacionalizar a adesão dos municípios gaúchos ao Susaf-RS,
O programa foi instituído por meio da Lei 13.825, de autoria do deputado Edegar Pretto (PT), em 4 de novembro de 2011, sancionada pelo então governador Tarso Genro e regulamentada em julho de 2012. De acordo com a legislação, as empresas que contam com o selo do Sistema podem realizar a comercialização de seus produtos de origem animal além das fronteiras dos seus municípios, não mais enfrentando as barreiras que antes as impediam de levar sua produção a consumidores e mercados de outras cidades.
Conforme Pedrinho Signori, diretor da FETAG e responsável pela Organização da Produção, o último encontro serviu para alinhar estrategicamente as entidades que lá na ponta de fato serão as responsáveis pela efetivação do Susaf-RS. Atualmente, lembra Pedrinho, apenas 33 municípios aderiram ao Susaf-RS. “Houve avanços”, reconhece o dirigente, “mas é preciso fazer mais para que ocorra uma maior adesão por parte dos municípios”, enfatiza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here