Fórum em Dom Feliciano vai debater o desenvolvimento rural da região

0
Arquivo: Edição do fórum em 2017

Debater os rumos da agricultura familiar, trocar experiências e formatar propostas para o setor, na região, são alguns dos objetivos do Fórum da Agricultura Familiar e XI Fórum Regional de Desenvolvimento Rural que será promovido pelo segundo ano consecutivo em Dom Feliciano, nos próximos dias 07 e 08 de novembro.
Dividida em duas partes a programação, em seu primeiro dia, se dará em nível municipal e vai debater, pela manhã, temas relacionados ao convênio Prefeitura/Ecocitrus e experiências em saneamento básico. Já a tarde será reservada para tratar de diversificação de cultura e alternativa de renda quando os participantes farão uma visita a agroindústria de azeite de oliva Costa Doce, na localidade de Remanso, interior do município, onde assistirão palestras e poderão conhecer os pomares e ainda ver como funciona o processo de beneficiamento da azeitona para produção do azeite extra virgem.
No segundo dia as discussões se darão em nível de região, quando num primeiro momento deve ser feito um resgate da Carta de Dom Feliciano, elaborada na edição anterior do fórum. Será um momento de avaliação dos avanços e das demandas reprimidas.
A manhã deverá seguir com a apresentação das temáticas que serão mostradas ao público por meio do relato de experiências. A primeira delas mostrará a implantação de programas de conservação do solo, proteção de fontes de água e resgate de troca de sementes, em Dom Feliciano.
O segundo tema tratará de sustentabilidade ambiental, econômico e social, ancorado no projeto da prefeitura municipal de Camaquã, com a utilização de compensações ambientais.
Organização social será o terceiro tema, mostrando exemplos das cooperativas locais, rede coop e compras institucionais.
A quarta e última temática, que encerra a programação da manhã, vai tratar de segurança alimentar no território Centro Sul, apresentadas por agricultores familiares.
Os diversos temas abordados na primeira parte do evento deverão ser debatidos em grupos, na parte da tarde de acordo com a pergunta orientadora: “Perspectivas futuras do Território Centro Sul – como avançar de fato”?
Os apontamentos das discussões serão condensados nos encaminhamentos finais e nortearão a elaboração da nova carta que deverá revelar o diagnóstico da agricultura familiar regional, o qual deverá servir de base orientadora das políticas públicas, em níveis municipal, estadual e federal, bem como, de forma mais rápida e direta, influenciar as ações individuais, que podem fazer a diferença em cada propriedade rural.
O evento que ocorrerá no salão paroquial é uma promoção em parceria entre a prefeitura de Dom Feliciano e o Colegiado de Desenvolvimento Territorial Centro Sul (Codeter – Centro Sul) e conta com o apoio da Emater-RS/Ascar, Afubra e Banrisul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here