Frio tardio provoca geada na região

O clima surpreendeu os moradores da região e o sábado, 21 de setembro, amanheceu com geada em diversas localidades.

Foto: Luciana Brasil | Pessegueiros

Em Pessegueiros, interior de Cerro Grande do Sul, a moradora Luciana Brasil registrou o gramado branco nas primeiras horas da manhã, coberto pelo gelo que se formou na madrugada.

Já desde o início do inverno as estações meteorológicas alertavam para a chegada de massas de ar frio que chegariam de forma tardia ao Rio Grande do Sul podendo provocar a ocorrência de geadas em setembro. Ainda em agosto passado a meteorologista da MetSul, Estael Sias chegou a afirmar que o fenômeno ocorreria “pelo dia 16 e por volta do dia 22 de setembro”.

A primavera que inicia nesta segunda-feira, 23 de setembro, é um período crucial para as culturas agrícolas pela característica de elevação das temperaturas. Especialistas alertam que este frio prolongado requer atenção dos produtores rurais pois pode gerar efeitos diversos nas plantas.

Na região onde predomina o cultivo do tabaco quanto mais calor nesta época melhor, contudo a geada não deve causar maiores estragos, já que é menos intensa que as de meio do inverno e a temperatura se eleva durante os dias que já estão maiores. O que acontece é que a planta dá uma estagnada e não se desenvolve como deveria.

Na localidade de Freguesia, interior de Camaquã, o morador Everton Mateus Affeldt também fez o registro do amanhecer com uma foto onde a paisagem se transformou com o frio repentino de setembro.

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: