Grupo da ERS-715 cumpre agenda na capital gaúcha

0
116

Na tarde da quarta-feira, 22 de novembro, o Grupo de Trabalho da ERS-715 esteve em Porto Alegre cumprindo agenda em busca de informações sobre a situação das obras de asfaltamento da rodovia que está abandonada há mais de dois anos. O trecho de 24 km liga Cerro Grande do sul a BR 116 passando por Sentinela do Sul.
O grupo primeiramente esteve no Daer, onde se reuniu com o diretor geral, Rogério Uberti, do qual obteve atenção bastante restrita e poucos dados técnicos. O diretor disse que as ações do departamento dependem de decisão do Governo do Estado e que sua competência é executar a obra quando autorizado. Da mesma forma afirmou que as questões relativas a ajustes de contrato e de projeto serão retomadas assim que sinalizada a possibilidade de reinício da obra.
De qualquer forma foi protocolado um ofício no departamento com solicitação de informações referentes ao estágio que se encontra a readequação do projeto, visto que o mesmo estaria sendo refeito com base em novos estudos de medição de fluxo no trecho. Também questionamentos relativos a situação do contrato entre o estado e a empresa Procon Construções, questões de ordem ambiental, quanto existe de remanescente financeiro a ser gasto na obra, qual a previsão de captação de recursos financeiros e quais as possíveis fontes para esta finalidade. O documento foi entregue a chefe de gabinete do diretor, Mareli Vogel, que o encaminhou ao diretor de infraestrutura do departamento, Luciano Delfini, o qual se comprometeu em levantar os dados e transmití-los ao grupo.
Ainda no Daer foi obtida a informação de que a empresa Procon Construções tem interesse em terceirizar o contrato. Com base nisso foi feito contato com representantes da empresa Dalfovo Construtora Ltda, que teria demonstrado interesse em executar a obra. Uma reunião poderá ser marcada para tratar esse assunto.
Já na sede do Governo do Estado o grupo foi recebido pelo Chefe da Casa Civil, Fábio Branco que condicionou qualquer possibilidade de retomada da obra à adesão do Rio Grande do Sul ao Regime de Recuperação Fiscal. O projeto de lei que autoriza o Estado a aderir ao regime foi apresentado pelo Governador José Ivo Sartori, na terça-feira (21), quando o gestor afirmou que a medida deve aliviar a situação financeira dos cofres públicos estaduais. Agora o projeto segue para apreciação dos deputados na Assembeia Legislativa.
Fábio Branco garantiu que se aprovada a adesão e estabilizada a situação financeira do Estado, a obra da ERS-715 deverá ser prioridade do Governo.
Quanto às informações solicitadas no ofício, que também foi protocolado na Casa Civil, o secretário disse que vai encaminhá-lo ao Secretário Estadual de Transportes, Pedro Westphalen para reunir os dados e posteriormente deverá construir uma agenda com o grupo para tratar do assunto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here