Homem foi executado a tiros em casa

0
Chiquinho tinha passagem pela polícia por tráfico de drogas

Cerro Grande do Sul – Foi assassinado na noite desta sexta-feira, em Arroio da Toca, interior de Cerro Grande do Sul, Francisco da Silva, de 44 anos, mais conhecido pelo apelido de “Chiquinho”.

De acordo com o depoimento da companheira da vítima à polícia civil, em Camaquã, ambos estavam dentro de casa quando alguém chamou por Chiquinho na rua e no momento que ele saiu para atender foi recebido com disparos de arma de fogo. Ela conta que viu quando o companheiro andou para trás e caiu dentro de casa. Também disse ocorreram vários outros disparos e que se escondeu com medo até que escutou o barulho de motos deixando o local, em direção a Sentinela do Sul.

Na sequência a mulher, auxiliada pelo irmão e por vizinhos, acionou a Unidade Básica de Saúde (UBS) do município que enviou uma equipe com uma ambulância até o local, mas quando chegaram de volta a sede da UBS o homem já estava sem vida.

Chiquinho tinha passagens pela polícia, inclusive já havia sido preso, em 2014, por tráfico de drogas.

  • Atualizada às 10h10min

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here