Nível da água sobe e deixa em alerta o Corpo de Bombeiros Voluntários de Tapes

0

A chuva prolongada que cai na região da Costa Doce há pelo menos cinco dias deixa em alerta equipes do Corpo de Bombeiros Voluntários de Tapes. A cidade tapense é cortada por sangas e arroios que recebem as águas vindas de afluentes de Cerro Grande do Sul e Sentinela do Sul, que por sua vez desaguam na Lagoa dos Patos.

Tapes já tem histórico de alagamentos, principalmente registrados em bairros periféricos que são constantemente monitorados a cada precipitação pluviométrica.

Em contato com a redação do jornal Regional, Alessandro Vasque, comandante do CBVT, classificou como “preocupante” o nível que atingiu os arroios que cruzam o município. “O nível da água subiu muito e as sangas estão no limite. A situação ficará muito preocupante se a chuva não parar”, admite Vasque.

Uma equipe do CBVT está monitorando 24hs o volume de água nas sangas. “Está descendo muita água de Cerro Grande do Sul e Sentinela do Sul (…), e isso preocupa nossa cidade”, concluiu o bombeiro, que segue monitorando a situação das sangas.

No município, até o momento, nenhuma família precisou ser retirada de casa em virtude das chuvas, contudo se a chuva não cessar este cenário poderá mudar nas próximas horas.

Abaixo imagens registradas na manhã desta segunda-feira pelo CBVT:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here