Nostalgya dá início ao rock, em Cerro Grande do Sul

0

O evento que reúne bandas de cerro Grande do Sul e da região tem história de muito trabalho, dificuldades e força de vontade, este ano o Rock in Cerro tem data para ser realizado entre os meses de Julho e Agosto.

O jornal regional entrevistou o baterista da Banda Hoffer, Pierre Garcia para descobrir como surgiu o legado do rock no município e dividir com os leitores inúmeras curiosidades.

Por meados dos anos 2001 e 2002 um grupo de jovens amigos, com os mesmos gostos musicais resolveram se juntar com a finalidade de “tirar um som” e se divertir. No começo sempre tudo muito difícil, desde o tempo para ensaiar até o dinheiro para a aquisição dos equipamento, o grupo formado pelo idealizador Maurício Teixeira (Mauricióta) e pelos amigos, Pierre Garcia (Pi), André Danelon, Rafael Danelon, Paulo Teixeira (Mancha), Vagner Tesch (Vavá), em um princípio era apenas um grupo de amigos tocando na casa do pai de um dos integrantes, para alegrar os finais de semana e fazendo uma boa janta, e uma ótima musica até altas horas da madrugada.

Com o tempo o grupo deu mais seriedade aos ensaios, alguns integrantes tomaram outros rumos e os remanescentes acabaram por formar a banda Nostalgya, que no final de 2002, veio o primeiro show, o encerramento de ano letivo da escola Mem de Sá, sendo assim o  começo de tudo.

Confira reportagem completa na edição impressa desta semana.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here