Operação Humo combate o contrabando de cigarro na região

0

Tapes e Camaquã estão entre as cidades onde ocorreram as ações policiais nesta manhã.
Cerca de 200 agentes da Polícia Federal (PF) e 80 policiais rodoviários federais deflagraram nos três estados do Sul do Brasil e no Uruguai, na manhã desta terça-feira, 13 de maio, a Operação Humo, que desarticulou um esquema de distribuição de cigarros contrabandeados e resultou na prisão de trinta pessoas, sendo 13 prisões em flagrante.
As ações policiais ocorreram em depósitos, comércios e endereços residenciais. Os agentes cumpriram 53 mandados de busca e apreensão e 22 de prisão por contrabando, organização criminosa, corrupção de menores, lavagem de capitais e falsidade ideológica. A ação também incluiu o sequestro de veículos e o bloqueio de contas bancárias.
No Rio Grande do Sul, a operação aconteceu nos município de Chuí, São José do Norte, Pelotas, São Lourenço do Sul, Camaquã, Tapes, Guaíba, Eldorado do Sul, Canoas, Viamão, Alvorada, Gravataí e Parobé.

A origem
Assessores explicaram que as investigações começaram a partir da apreensão de uma carga de 70 mil cigarros contrabandeados na fronteira do país, em setembro de 2017. A mercadoria seria distribuída no Uruguai, onde é vendida por valor mais alto do que o cobrado no Brasil. A partir daí, agentes começaram a mapear a rede de distribuição dos cigarros de origem paraguaia. Os principas destinos eram Porto Alegre e região metropolitana, Pelotas, Rio Grande, litoral sul do RS e cidades da fronteira com o Uruguai. Também foram identificados distribuidores do contrabando em Foz do Iguaçu e Marumbi, no Paraná, e na cidade catarinense de Palhoça.
Até a ação de hoje, 34 pessoas já tinham sido presas em flagrante e 31 veículos, avaliados em mais de R$ 900 mil. Os agentes também apreenderam mais de 1,4 milhão de maços de cigarro. A estimativa de créditos tributários evadidos supera R$ 10 milhões.

Com informações da Agência Brasil / Edição: Regional – Foto: Marcello Casal jr/Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.