Pesquisa Methodus aponta cenários para o governo no RS

0

Fonte: Correio do Povo / Fernanda Bagatini
Governador Sartori (MDB) tem 17,5% das intenções de voto, seguido de Jairo Jorge (PDT) com 10%

O Instituto Methodus realizou pesquisa em 25 municípios no Rio Grande do Sul, entre os dias 19 a 25 deste mês, sobre a intenção de voto do eleitor gaúcho para governador e presidente da República. A amostra é composta por 1.000 entrevistas, com eleitores de ambos os sexos. A margem de erro da pesquisa é de 3,0 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número RS-05933/2018.

No cenário estimulado de primeiro turno, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados em um disco e com a pergunta “Se a eleição fosse hoje e os candidatos fossem estes, em quem você votaria para governador do Rio Grande do Sul?”, o atual governador José Ivo Sartori (MDB) aparece com 17,5% das intenções de voto, seguido de Jairo Jorge (PDT) com 10%. O candidato Miguel Rossetto (PT) aparece com 8,1%, em empate técnico com Eduardo Leite (PSDB), que tem 8% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 22,6% e 21,6% dos eleitores declaram não saber em quem votar. Na menção espontânea para governador, Sartori (MDB) é o nome mais lembrado, com 5,2%.

Na rejeição múltipla, onde o entrevistado pode declarar que não votará de jeito nenhum em mais de um candidato, José Ivo Sartori (MDB) aparece com 47,7%, seguido de Miguel Rossetto (PT) com 24,6% e Abigail Pereira (PCdoB) com 17,1%. Roberto Robaina (PSol) tem 16,6%, Eduardo Leite (PSDB) tem 16,2%, Jairo Jorge (PDT) tem 15,9%, Luiz Carlos Heinze (PP) tem 15,7% e Mateus Bandeira (Novo) aparece com 14,3%. Entrevistados que não rejeitam nenhum são 27,2% e não sabem 5,2%.
Infogram

A pesquisa Methodus também avaliou dois cenários para presidente no Rio Grande do Sul. Pela pesquisa estimulada, em um cenário no qual o nome do ex-presidente Lula é apresentado, Jair Bolsonaro (PSL) tem 23,3%, seguido por Lula (PT) com 22,4%, em situação de empate técnico no Estado. No segundo cenário estimulado, o nome de Lula é substituído por Fernando Haddad. Jair Bolsonaro (PSL) se isola então na liderança com 26,3%, seguido de Manuela D´Ávila (PCdoB) com 8,3%.

A pesquisa foi realizada pelo Instituto Methodus sob encomenda do Instituto Methodus Análise de Mercado Sociedade Simples Ltda. entre os dias 19 e 25 de Junho de 2018 com mil entrevistados, possui margem de erro de três pontos percentuais para mais ou para menos e intervalo de confiança de 95%. Está registrada no TSE sob o protocolo RS-05933/2018

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here