Polícia de Tapes prende foragido da Operação Strike

0

Coordenados pela Delegada, Fabiane Bittencourt, agentes da Polícia Civil e da Brigada Militar de Tapes prenderam o último criminoso que havia escapado da Operação Strike, desencadeada pela Polícia Civil, em novembro de 2017, quando quatro integrantes de uma quadrilha que agiam na região foram presos.
Trata-se de Charles Schwalm Souza, 22 anos, conhecido popularmente como “Boliche”, e que estava com prisão preventiva decretada em razão da prática de dois crimes de latrocínio. Um deles praticado em setembro, contra o vigia Sergio Ferreira, o Toco, que foi morto enquanto trabalhava na estação de tratamento de esgoto da Corsan, em Tapes. O outro em Sentinela do Sul, em outubro, quando a vítima fatal foi Leandro Robe, que saía de um baile, na localidade de Bom Recreio.
Em poder do acusado a polícia encontrou um revólver, calibre 38, furtado, um rifle, munições e cocaína, razão pela qual o mesmo também foi preso em flagrante sob a acusação de Tráfico de Drogas, Porte Ilegal de Arma de Fogo e Receptação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.