Polícia identifica homem que se passou por prefeito de Camaquã

Dizendo ser o prefeito do município, acusado pediu exoneração da gerente da Corsan

Fonte: Acústica FM / Gil Martins

O prefeito de Camaquã, Ivo de Lima Ferreira, efetuou o registro na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Camaquã (DPPA), de crime de Falsidade Ideológica. Um homem se fez passar por ele para pedir a exoneração da gerente da Corsan no município.

Em seu depoimento na delegacia local, Ivo Ferreira relatou que no dia 7 de fevereiro, um homem ligou para o Diretor-Geral da CORSAN, se dizendo ser o Prefeito de Camaquã. Furioso, o homem reclamava dos serviços prestados pela CORSAN no município e exigia a remoção imediata da Administradora da companhia em Camaquã.

Do gabinete do Diretor Geral, o fato foi levado ao conhecimento do Engenheiro da CORSAN da cidade de Rio Grande, que fiscaliza a cidade de Camaquã. O Engenheiro então ligou para a Prefeitura Municipal, ocasião em que foi constatado que a ligação não partiu do prefeito Ivo Ferreira e que também não foi realizada por nenhum funcionário do município.

O Engenheiro relatou que graças ao sistema de bina que existe no gabinete do Diretor-Geral da CORSAN, foi averiguado que a ligação foi realizada através de um telefone celular. Com o número deste telefone, foi possível averiguar a quem pertencia, ou seja, a um homem morador de Camaquã, que já foi identificado pela Polícia Civil.

O Procedimento foi instaurado e o fato será investigado e posteriormente remetido a Justiça. A identificação do suspeito de falsidade ideológica, não foi divulgada.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios