Prefeitos avançam no processo de implementação da PPP da Iluminação Pública

0

Sistema moderno e econômico deve beneficiar mais de 380 mil moradores da região Centro Sul
Prefeitos das cidades da Região Centro-Sul vão protagonizar na tarde desta quinta-feira, 11 de outubro, mais um passo para um novo e moderno sistema de iluminação pública para os municípios, através de uma parceria público-privada (PPP). Os Prefeitos da Região vão apresentar o projeto na Câmara de Vereadores de Guaíba.
Os prefeitos já oficializaram nos últimos meses a assinatura de um termo de acordo de cooperação técnica entre o BNDES e o Consórcio Intermunicipal Centro-Sul. E também já oficializaram um contrato de trabalho com o BNDES.
O Consórcio Intermunicipal Centro-Sul e a Associação dos Municípios da Costa Doce, ambos dirigidos pela Prefeita de Cristal, Fábia Richter, e o Prefeito de Tapes, Silvio Rafaeli, se uniram no propósito de modificar o sistema de iluminação pública de maneira eficaz através do projeto de iluminação com um melhor desempenho de iluminação pública, modernizando o sistema de iluminação pública nos municípios.
Os Prefeitos visitaram o Tribunal de Contas e o Ministério Público e explicaram a ideia de implementação. A busca destes órgãos foi para afastar qualquer tipo de irregularidade dentro do processo. Hoje, o projeto avança para ser o primeiro consórcio do Brasil com este modelo. E ainda conta com o apoio do BNDES, FURG, Fundação Getúlio Vargas e PUCRS.
O Consórcio Intermunicipal Centro Sul resultou da parceria formada pelos treze Municípios que compõem a ACOSTADOCE – Associação dos Municípios da Costa Doce (Amaral Ferrador, Arambaré, Barra do Ribeiro, Camaquã, Cerro Grande do Sul, Chuvisca, Cristal, Dom Feliciano, Guaíba, Mariana Pimentel, Sentinela do Sul, Sertão Santana e Tapes), para a realização de objetivos de interesse comum. A atuação do Consórcio está voltada para diversas áreas demandadas pelos Municípios. E estas cidades serão beneficiadas pelo projeto de iluminação pública. Duas cidades também foram colocadas no projeto: São Lourenço e Canguçu
A PPP da Iluminação Pública não vai prever apenas a troca de lâmpadas para deixar as cidades mais iluminadas. A implementação que fará a substituição das lâmpadas comuns nos municípios da região Centro-Sul também possibilita a transmissão de telefonia, fibra ótica, internet e demais serviços como distribuição de internet, modernizando os sistemas de transmissões das cidades envolvidas no projeto. Um contrato de trabalho já foi desenvolvido com o BNDES em parceria com a empresa Ernst & Young (EY). Entre os benefícios a serem alcançados com a execução do projeto, estão uma maior eficiência no sistema de iluminação pública da cidade, uma redução do consumo de energia, uma maior sensação de segurança e bem-estar por parte da população, e uma maior promoção de áreas turísticas, de lazer e comerciais do município.
Para Silvio Rafaeli, Presidente da Associação dos Municípios da Costa Doce, é um projeto pensado e trabalhado de forma conjunta que vai beneficiar mais de 380 mil moradores. “Trabalhamos durante todo o ano de 2017 e 2018 para a implementação deste projeto conjunto. Tivemos o acompanhamento do Ministério Público para a construção desta parceria público-privada, sendo este um grande passo de um projeto inédito no Brasil”, afirma o Prefeito de Tapes, Silvio Rafaeli.
Já a Presidente do Consórcio Intermunicipal Centro-Sul, Prefeita do município de Cristal, Fábia Richter, ressalta a importância da conquista do projeto de iluminação pública para os municípios da região. “A assinatura deste termo de acordo de cooperação técnica entre o Consórcio Intermunicipal Centro-Sul e o BNDES será o primeiro passo para a implementação deste novo sistema de iluminação pública para as cidades. Entretanto o acordo entre o BNDES e o Consórcio abre muitas possibilidades,” destaca Fábia
Fonte: Assessoria de imprensa / Voltaire Santos

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.