Previsão de mais chuva preocupa tapenses e ascende alerta de alagamentos

A chuva contínua que cai na região desde segunda-feira (22) elevou o nível das águas de sangas e arroios, e já preocupa moradores da cidade de Tapes pra onde escoa grande volume do acúmulo pluviométrico para desaguar na Lagoa dos Patos.

Na tarde desta quarta-feira, 24 de julho, o comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários de Tapes, Alessandro Vasque, esteve verificando os principais pontos onde ocorrem alagamentos na cidade por ocasiões de enchentes. A ação é uma medida cautelar para a possível prática de uma providência. Ele esteve também na BR-116, conferindo a situação da parte alta do arroio Teixeira, que desemboca na cidade.

“Percebemos que está descendo muita água do lado de Sentinela do Sul e isto nos preocupa, pois se se confirmarem as previsões de chuva forte durante a noite poderemos ter problemas de alagamentos na cidade, já que o arroio Teixeira está quase transbordando em alguns pontos” alertou o bombeiro.

O prefeito Silvio Rafaeli também segue em alerta e disse que já conversou com Alessandro sobre a situação, além de ligar para o prefeito de Cerro Grande do Sul, Sergio da Costa, pra saber informações da chuva na parte alta da região.

“Ainda não temos problema que só poderá ocorrer se chover forte nas cabeceiras das sangas. O terreno está muito encharcado e qualquer chuva pesada, firme, faz a diferença. Torcemos para que fique nesse chuvisco”, colocou o prefeito.

Em Cerro Grande do Sul o acúmulo de chuva chegou aos 120 milímetros na metade da tarde desta quarta-feira. Já em Tapes o volume foi um pouco maior e ficou na casa dos 133 milímetros.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios