Em greve, professores estaduais fazem caminhada em Sertão Santana

Professores pedem apoio de alunos, pais e comunidade em geral

 

Os professores da escola estadual Comendador Eduardo Secco de Sertão Santana, iniciaram nesta segunda-feira (18/11/19) greve na escola.

A classe que vem sofrendo com salários e 13º parcelados, chegou ao seu limite quando o governador Eduardo Leite  anuncio um pacote que atinge funcionários públicos e professores.

Professores da rede estadual estiveram na Rádio Atual Fm manifestando sua insatisfação com o governo, e explicando o porque dessa paralisação.

” Já vivenciamos vários momentos em que nossos direitos foram atacados, estamos hoje com 48 meses de salários parcelados, tem a questão do 13º que este ano se quisermos, teremos que fazer um empréstimo no banco ou parcelar esse 13º por doze meses, então já são vários ataques a nossa categoria, e nós estamos mantendo e segundo isso dentro das escolas. Só que com este pacote de medidas do governador ele vai atacar direitos já adquiridos do funcionalismo , colocando em risco a continuidade de nossa função em nossa categoria e não  podemos adiar mais este momento, temos que tomar uma atitude e tem que ser agora, para isso precisamos da mobilização dos alunos e da comunidade. E a Assembleia precisa saber que este pacote atinge diretamente o funcionalismo público nas escolas, e ataca diretamente a função do professor e nós não podemos ficar calados” explicou a professora Marcieli.

Alunos estiveram junto apoiando os professores e ressaltaram que não apenas os professores são prejudicados os alunos também são que destacaram que a “Educação é o princípio de tudo”.

Durante a tarde professores e alunos, em forma de protesto estiveram realizando uma caminhada com cartazes nas ruas da cidade, cartazes com frases de valorização ao professor e de indignação a proposta do governador. A paralisação segue sem data para retomar as atividades, contudo a escola estará aberta os professores estarão presente, mas não lecionaram, no momento os professores querem seus direitos e o apoio da comunidade.

Artigos relacionados

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: