Receita Federal combate fraude em fumageiras

A empresa fumageira Tabacos D’Itália, em Cerro Grande do Sul, amanheceu recebendo a visita de auditores da Receita Federal, nesta quarta-feira, 15 de agosto, que cumprem mandado de uma operação que visa combater fraude de R$ 277 milhões no setor fumageiro.
A ação da Receita Federal se estende por 14 municípios do Rio Grande do Sul, principalmente da região Centro Sul e Vale do Rio Pardo. Batizada de Operação Fumo Papel, os mandados de busca e apreensão, expedidos pela 1ª Vara Federal de Santa Cruz do Sul, 20 no total, seguem ocorrendo pela manhã em empresas de Cerro Grande do Sul, Camaquã, Amaral Ferrador, Dom Feliciano, Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires, Boqueirão do Leão, Sobradinho, Arroio do Tigre, Candelária, Vale do Sol, Agudo, Vera Cruz e na capital gaúcha.
As investigações seguem a mesma linha da Operação Huno, iniciada em 2016 e desta vez o alvo são empresas atacadistas e exportadoras do setor do tabaco que obtêm empréstimos por meio de fraudes, utilizando créditos de PIS e Cofins. O esquema envolve ainda empresas fantasmas para maquiar compras de fumo de produtores rurais e que teriam emitido notas fiscais de venda que totalizam R$ 706 milhões, de acordo com informações da receita Federal.
A fraude também envolve fábricas clandestinas de cigarros e sonegação de impostos.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios