Região tem 5 mil eleitores a menos em 2018

0

Números se referem ao recadastramento biométrico do último ano
O sistema de identificação dos eleitores vem passando por modificação desde 2008 com a adoção da biometria, uma nova tecnologia que visa dar mais segurança neste quesito no momento da votação.
Cerca de 3,6 milhões de brasileiros não poderão votar nas eleições de 2018 porque não fizeram o cadastramento biométrico obrigatório entre 2017 e 2018, nos municípios onde houveram as convocações pelos Cartórios Eleitorais. Quem não regularizou sua situação até o dia 9 de maio teve seu título cancelado.
Em nossa região essa situação ocorre nos municípios de Tapes e Barão do Triunfo, que passaram pelo processo revisional recentemente.
Em Tapes, de acordo com informações do Cartório Eleitoral, foram 4.338 títulos cancelados e 137 suspensos. Estão aptos a votar nesta eleição 10.440 eleitores. Já em Barão do Triunfo foram 900 cancelamentos, restando aptos 4.200 votantes.
O chefe do Cartório Eleitoral de Tapes, Antônio França Pedroso, salienta que dentre os cancelados figuram óbitos, eleitores que deixaram de votar em 3 eleições consecutivas e eleitores que não realizaram o recadastramento biométrico. O mesmo vale para Barão do Triunfo.
Na região o recadastramento iniciou em 2013 e em todos os municípios onde ocorreu tiveram cancelamentos, contudo estes números sofreram mudanças na medida em que ocorreram óbitos, emissão de novos títulos, transferências, entre outros fatores, considerando ainda que desde outubro de 2015, todo eleitor do Estado que procura a Justiça Eleitoral para fazer o seu alistamento, revisar seus dados ou mudar seu domicílio tem seus dados biométricos coletados.
Em 426 municípios, esse processo de revisão do eleitorado foi concluído. Nos demais 71 municípios, a revisão acontecerá após as eleições de 2018, em datas ainda a serem definidas. A previsão é de que o recadastramento biométrico seja concluído, em todos os municípios do Estado, para as eleições de 2022.
Em Camaquã os eleitores ainda não foram convocados para fazer o recadastramento, contudo o Cartório Eleitoral da cidade promoveu uma campanha no último ano incentivando os eleitores a adiantarem o processo na medida do possível. A ação deu resultado e cerca de 45% dos eleitores já tiveram os dados coletados. A chefe do cartório Cleonice Pazinato explica que a medida deverá diminuir as filas e amenizar o fluxo de eleitores no cartório no momento que houver a convocação.
É possível consultar a situação do seu título de eleitor no site do TSE através do link http://www.tse.jus.br/eleitor/servicos/titulo-de-eleitor/situacao-eleitoral/consulta-por-nome. Nesta página aparecerá um campo onde pode ser inserido o nome ou o número do título de eleitor, mais a data de nascimento e verificar se está regular ou irregular.

Confira os dados da região:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.