Situação dos Hospitais de Pequeno Porte em debate

0
43

A situação dos Hospitais de Pequeno Porte será debatida em uma mesa composta por parlamentares, governo estadual e lideranças de entidades da área da saúde. Esta foi a decisão adotada na manhã desta quarta-feira (11) em reunião de um grupo de deputados e representantes de prefeituras e hospitais com o governador José Sartori no Palácio Piratini.
O encontro foi solicitado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Marlon Santos, a pedido do presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente, Altemir Tortelli. O deputado tem coordenado discussões sobre a situação dos HPPs frente aos efeitos da portaria estadual 64/2018, que institui a Política de Cofinanciamento de Hospitais de Pequeno Porte e os transforma em Pronto Atendimentos de Urgências (PADU).
Tortelli lembrou que no último bimestre, no âmbito da Comissão, uma comissão técnica estudou a situação destas instituições de saúde. Disto resultou um Projeto de Lei de regulamentação da atividade dos HPPs, assinado por todos os deputados da Comissão e protocolado na semana passada.
Entre as resistências à portaria é apontada a possibilidade de encerramento de 1,6 mil leitos após a mudança de categoria dos HPPs para PADUs, com o consequente aumento de demanda nos hospitais regionais e de custos com o transporte de pacientes por conta das prefeituras.
O presidente da comissão instituída pela Famurs para tratar sobre os HPPs e prefeito de Braga, Carlos Alberto Vigne, disse que a medida “assusta”, porque municípios do interior terão que transferir pacientes para outras cidades. Segundo o superintendente da Federação das Santas Casas do RS, Jairo Tessari, 115 dos 255 hospitais representados pela entidade são considerados de pequeno porte e uma centena deles estão se inviabilizando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.