STF absolve senadora Gleisi Hoffmann (PT) e o ex-ministro Paulo Bernardo

0
88

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e seu marido, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, foram absolvidos nesta terça-feira, 19 de junho, por decisão da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).
Gleisi era acusada de receber R$ 1 milhão para sua campanha ao Senado em 2010, valor que teria sido desviado da Petrobras e negociado pelo marido e pelo empresário e também réu, Ernesto Kluger Rodrigues.
A Procuradoria-Geral da República (PGR) fez a denúncia baseando-se em depoimentos do doleiro Alberto Youssef e de Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da Petrobras, porém o colegiado chegou à conclusão que haviam divergências nas duas versões apresentadas e faltavam provas para evidenciar qualquer ato ilícito.
Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski votaram pela absolvição total do casal, já Edson Fachin e Celso de Mello votaram pela absolvição dos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, mas se manifestaram a favor da condenação de Gleisi por crime de “caixa dois eleitoral”, por conta da não declaração de recursos financeiros recebidos em campanha eleitoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.