Vanusa fala como pré-candidata a prefeitura baronense

vanusaBarão do Triunfo – Após diálogos entre os membros da atual administração baronense, o PDT decidiu lançar oficialmente sua pré-candidata a prefeitura. Nesta entrevista, Vanusa Darski Garcia, atualmente servidora pública concursada, revela seu interesse em concorrer a prefeita e fala de seus planos para Barão do Triunfo.

Regional: A sua pré-candidatura é única dentro do partido ou vai concorrer na convenção?

Vanusa: Hoje essa escolha é consensual dentro do partido. A convenção será para confirmação de minha candidatura, preenchimento dos requisitos e exigências legais.

Regional: O que motivou o partido apostar num nome novo e não na reeleição do atual prefeito?

Vanusa: Desde a convenção para composição da Executiva do partido, há mais de um ano atrás, o atual prefeito Sr. Rui Valmir Brauvers Spotti já havia referido ao partido que não intencionava concorrer à reeleição, pelo fato de já ter atendido uma gestão como vice-prefeito junto ao ex-prefeito Odone Kloppemburg, e agora na condição de Prefeito. Isso motivou o partido a buscar novas opções de nomes, o que resultou no meu nome como pré-candidata, eis que concorri à vereadora no pleito de 2012, ficando como suplente.

Regional: Essas decisões políticas foram debatidas com o PP que hoje integram a administração com o PDT?

Vanusa: Sim, sempre houve bastante diálogo com o Partido Progressista sobre assuntos relacionados às eleições, em razão da própria coligação existente, e que se mantêm por várias gestões.

Regional: O PDT já tem um pretenso pré-candidato a vice-prefeito na chapa?

Vanusa: Hoje o nome que será lançado para confirmação através da convenção é o do atual vice-prefeito, Sr. Gilmar Francisco Passos de Souza, que representa o Partido Progressista.

Regional: Sabendo que o PTB pretende lançar pré-candidato a prefeito, ainda existe a possibilidade de se reunir com eles e debater uma coalizão ou não?
Vanusa: Entendo que sempre há possibilidades de formação de coligações. Como o PTB foi um partido que nos pleitos anteriores esteve junto na composição, não há motivos para não vislumbrarmos, ainda, uma possível coligação. Já tivemos várias tratativas, inclusive com várias propostas formuladas. Penso que a política precisa de um dinamismo, não de um radicalismo. Quem sairia privilegiado, neste caso, seria toda comunidade.

Regional: Qual a principal proposta da sua candidatura?

Vanusa: Trabalhar com a Valorização. E quando falo em valorização me refiro à tudo e à todos, desde o idoso, crianças, adolescentes, mulheres, ao agricultor em especial, que é uma das categorias mais expressivas de nosso município, assim como o comércio e enfim, à todas as demais categorias geradores de renda, para que consigamos ter mais recursos para investimentos nas áreas da educação, da saúde, e para própria agricultura. Quando falo em valorização, também me refiro ao serviço público e ao servidor. Enfim, respeitar o cidadão baronense, valorizando tudo aquilo que é nosso e para nós.

Regional: O que dá pra melhorar na administração municipal baronense?

Vanusa: Penso que sempre temos algo a mais por fazer. Pensando desta forma, volto àquilo que relatei há pouco, trabalhar com a valorização. Conheço a administração pública como servidora há quase dezoito anos, assim como conheço o nosso município em praticamente 99% de seu território e dos seus munícipes, e sei das dificuldades tanto administrativas quanto dos anseios da população. Quero ver Barão do Triunfo crescendo e evoluindo cada vez mais, mas para isso a comunidade primeiro tem que acreditar que sou capaz. Segundo, que posso fazer a diferença. Terceiro, que tenho ideias e ideais próprias, e gostaria muito de colocá-los em prática. Sou jovem e posso me considerar um nome novo, trazendo novas propostas e isso fará parte do plano de governo.

Regional: Como administrar o município com os recursos escassos como estão?

Vanusa: Tarefa bem difícil, com certeza um “grande desafio”. Sei que é nas horas difíceis que valorizamos os pequenos detalhes, nesses momentos é que o pouco se torna muito, sem jamais deixar de atender as demandas básicas da população. Contudo, precisamos estar atentos e integrados cada vez mais ao mundo moderno, interagindo com ele, em “tempo real”. Hoje, cada segundo pode significar perdas, e isso Barão do Triunfo não pode e não merece ter. Me sinto preparada para enfrentar qualquer tipo de situação. Trabalhar com redução de gastos é essencial, entretanto redução não significa não investir em melhorias e qualificação, pois onde temos boas sementes, sempre colheremos bons frutos. Investir naquilo que realmente trará e fará a diferença, assim como nos alicerces de uma casa, precisamos ter bases bem preparadas. Pensando desta forma, acredito que toda população tem a ganhar.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios