Vigilância Comunitária contribui com a diminuição de crimes

0

Tapes – Criado e instituído em setembro de 2017 o Grupo de Vigilância Comunitária que abrange residências do bairro Balneário Rebello está contribuindo para a prevenção e  diminuição de crimes, como furtos e roubos, corriqueiros nas residências daquela comunidade há tempos atrás.
Segundo o que conta o presidente da Associação Comunitária São Miguel, Edimar Moraes, o projeto criou o cercamento das ações na vigilância de boa parte dos quarteirões do bairro. Desde a implantação da iniciativa coletiva o índice de crimes está próximo a zero, como destacou Dimas.
Ao total são cerca de 150 casas que fazem parte direta ou indiretamente do GVC. Destas cerca de 30 que ficam dentro dos pontos estratégicos estão identificadas com placas do projeto.
Segundo o que explica Dimas, o projeto consiste basicamente no monitoramento interno do bairro através de um grupo de moradores que tem por objetivo controlar as ações e atitudes suspeitas no perímetro mapeado através do uso de aplicativo de celular. “É com uma comunicação imediata entre alguns pontos estratégicos que um subgrupo interage sobre as ações de alerta em conjunto com a BM e a Polícia Civil, comunicando as autoridades policiais sobre eventuais sinistros no momento que eles acontecem”, frisou Dimas.
O grupo de monitoramento conta com populares, empresários, socorristas, vigilantes e bombeiros voluntários. A próxima ação será a implantação de equipamentos de alerta que ao serem acionados orientam a população sobre algo de risco que está acontecendo naquele instante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here