Calor e falta d’água são duas coisas que não combinam, mas infelizmente é isto que tem ocorrido na região central de Sentinela do Sul nos últimos 15 dias.

Não bastasse os dias com temperaturas elevadas, quebrando recordes na região, muitos moradores do centro da cidade estão reclamando que tem faltado água em alguns períodos do dia, gerando transtornos e dificuldades.

Comerciantes relatam que o problema tem sido recorrente nas últimas duas semanas e que, além da falta, a água que chega em algumas vezes é escura e mal cheirosa limitando seu uso apenas para algumas funções.

De acordo com o gerente da unidade da Corsan de Tapes, Mário Lilge, que atende também Sentinela do Sul, o problema já foi identificado e solucionado em partes, além de que uma equipe está trabalhando no local para recuperar o sistema.

O gerente explicou que a água que abastece a cidade é captada no arroio e levada através de bombeamento até a estação de tratamento, para depois ser remetida ao reservatório e ser distribuída aos consumidores. Ocorre que um dos filtros no ponto de captação entrou em colapso e isso aliado ao fato de que diminuiu o volume de vasão do arroio gerou a insuficiência de abastecimento.

“Desde hoje pela manhã já estamos fazendo o abastecimento com o caminhão pipa para que não falte mais água. Estamos transportando aqui de Tapes cerca de cinco viagens diárias”, disse Mário.

Já a coloração escura da água o gerente explicou que ocorreu em função do manganês que se acumula e se mistura na água quando o nível do reservatório fica baixo, contudo disse que o metal se apresenta em baixo índice e que apesar de gerar aspecto esquisito, não deve causar nenhum problema de saúde.

“Aproveito essa oportunidade para pedir aos usuários do sistema que poupem água nestes dias em que estamos passando por dificuldades. Que evitem de lavar carros, lavar calçada, molhar pátio, enfim, porque a situação exige esse esforço para que ninguém saia prejudicado e nós consigamos dar conta da demanda” concluiu o gerente.

A previsão é que até o final desta semana o serviço volte a sua normalidade. Mais informações podem ser obtidas pelos telefones 51 3679.1017 (Sentinela do Sul) ou 51 3672.1054 e 51 3672.2866 ou ainda pelo 0800 646 6444.