A partir desta terça-feira (03), as empresas fornecedoras de sementes do Programa Troca-Troca da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) estão autorizadas a fazer a entrega de sementes para todas as regiões do Estado.

No início da semana passada, dia 26 de julho, o programa iniciou as entregas de sementes de milho e sorgo para prefeituras, sindicatos, associações e cooperativas dos municípios localizados nos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes) das Missões, Fronteira Noroeste, Noroeste Colonial, Celeiro, Alto Jacuí, Rio da Várzea e Médio Alto Uruguai.  O atendimento prioritário para os agricultores dessas regiões era fundamental em função do início da semeadura do milho.

“Com o avanço das entregas das 46 mil sacas de sementes nos 125 municípios prioritários, é possível então passar para uma nova fase com o atendimento geral para todo o Estado”, explica o coordenador do programa, Jonas Wesz.

Em todo o Rio Grande do Sul vão ser disponibilizadas 122,5 mil sacas de sementes de milho e sorgo, atendendo a demanda de 43,6 mil agricultores por meio de 491 entidades em 391 municípios.

O processo de logística e entrega das sementes pelas empresas contratadas pelo Estado deve ser operacionalizado dentro de quatro semanas, aproximadamente. “Esperamos que até o final do mês de agosto todas as regiões do Estado tenham sido atendidas, possibilitando que os agricultores já disponham das sementes em suas propriedades para o cultivo nas condições climáticas mais favoráveis”, afirma Wesz.

O investimento do governo gaúcho neste ano é de aproximadamente R$ 6,8 milhões de reais, referente ao subsídio direto de 28% que o Estado dá aos agricultores no valor da semente do Programa Troca-Troca de Sementes.

Fonte: Seapdr