Anvisa recebe novos dados do pedido de uso da Coronavac em crianças

Em março, o Instituto Butantan enviou pedido à agência para incluir a faixa etária de 3 a 5 anos na indicação do imunizante

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recebeu ontem (1º) informações adicionais referentes à solicitação de autorização para aplicação da vacina CoronaVac em crianças de 3 a 5 anos, realizada pelo Instituto Butantan.

O envio dos dados foi acordado em uma reunião entre a agência reguladora e o Butantan no dia 25 de maio. Na ocasião, o instituto se comprometeu a fornecer as informações necessárias para que a Anvisa pudesse dar seguimento à análise do pedido.

Em nota, a Anvisa informou que “irá iniciar a análise técnica e avaliará a necessidade de nova discussão com as sociedades médicas”.

A agência também destacou que “mantém o compromisso na avaliação das vacinas, fundamentando as suas ações na legalidade e nos parâmetros estabelecidos em suas normas, convergentes com as principais autoridades estrangeiras e com os princípios científicos”.

A liberação do imunizante para crianças de 3 a 5 anos foi requerida pelo Butantan no dia 11 de março deste ano. Atualmente, a vacina só é autorizada em pessoas maiores de 6 anos de idade.

POLÍCIA

Mulher foi presa transportando crack junto com a filha de 12 anos

Na noite desta sexta-feira, 24, a Polícia Rodoviária Federal prendeu três pessoas que transportavam uma carga de crack escondida em uma mochila. A ação...

Homem é morto com paulada na cabeça em Camaquã

Mais um caso contribuiu para o aumento nos índices de criminalidade do município de Camaquã, na madrugada deste sábado (25). Um homem de 40 anos...

Polícia Civil prende seis pessoas durante operação em Camaquã

Na tarde desta quarta-feira (23), uma megaoperação contra os crimes de organização criminosa, tráfico de drogas e homicídio foi realizada no bairro Bom Sucesso,...