No dia em que completa seus 29 anos de independência política, neste sábado, 20 de março, Arambaré encerrou as atividades virtuais e festiva preparada pela administração municipal para comemorar a passagem desta data especial.

A programação que contou com resgate histórico, apresentações artísticas, culturais, manifestações religiosas e lançamento de projetos foi uma forma, segundo os organizadores, de presentear os munícipes e o imenso público que visita a cidade anualmente para curtir suas belezas naturais, proporcionada sobretudo pela Lagoa dos Patos e pelas centenárias figueiras.

Por meio das redes sociais da internet, nas páginas e perfis oficiais da prefeitura, os organizadores publicaram vídeos diariamente desde a quarta-feira (17/03), que foram produzidos durante o projeto de aniversário.

Entre os destaques deste sábado (20/03) está o lançamento da música Arambaré – Terra das Figueiras, interpretada pelo cantor camaquense Manoel Camaquã, que compôs a letra em parceria com Enio Alfredo Schmidt. A música é uma homenagem à cidade evidenciando as árvores centenárias de frondosas sombras e que recentemente passaram a integrar o novo símbolo do município que deve ser oficializado em breve.

A programação valorizou também os artistas locais, incluindo o músico Erion Magalhães que retribuiu a homenagem interpretando a música de sua autoria Onde fica teu Arambaré?.

Dos diversos artistas que participaram das homenagens estavam instrutores do projeto Musicanto & Arte, outro destaque da programação que foi lançado na sexta-feira (19/03) e que tem como objetivo o ensino à instrumentos musicais, canto e dança para crianças e adolescentes em idade escolar.

Os vídeos foram gravados em sua maioria no Centro Cultural Inúbia, porém alguns dos artistas gravaram em suas próprias casas, como o caso do cantor Helmo de Freitas, o Carijó, que além de presentear o público com seu talento, fez relatos da história de Arambaré e destacou a importância, social, cultural e econômica do município para a região.

Também de sua casa o cantor nativista João Chagas Leite rendeu suas homenagens a Arambaré declamando uma poesia composta especialmente ao município.

Outros nomes da cultura regional como o cantor Capitão Faustino e o poeta Catullo Fernandes também participaram das atividades virtuais enriquecendo a programação, assim como a Associação de Pesquisas Históricas de Arambaré (Assophia), através de seus integrantes que resgataram um pouco da história do município, desde antes de sua criação, além de entidades religiosas do município que transmitiram mensagens de fé.

Considerando o atual cenário de pandemia a administração municipal sempre fez questão de ressaltar que todas as gravações foram feitas dentro protocolos de segurança e respeitando o distanciamento social. Também destacou que a programação de aniversário não utilizou recursos públicos para a sua realização e que todo o custo foi patrocinado pela Servi – Polo Uniasselvi de Camaquã.

Assista a programação acessando as páginas Turismo e Cultura de Arambaré/RS e Prefeitura de Arambaré.