No final da tarde desta terça-feira, 21 de julho, a administração municipal de Arambaré deverá emitir um novo decreto determinando no município a adoção de medidas impostas pela bandeira vermelha do Distanciamento Controlado do Estado.

A divergência de informações entre estado e município segue rendendo discussão e causando transtornos, sobretudo ao funcionamento do comércio local que é o mais afetado pelas medidas referentes aos protocolos de segurança sanitária.

Ocorre que o município teve um caso de óbito de paciente infectado por coronavírus no dia 29 de junho, mas o registro no sistema do Estado só foi feito no dia 10 de julho, depois que a administração municipal percebeu a falha e alertou a Secretaria Estadual de Saúde. Este fato faz com que o registro com data errada venha sendo considerado pelo Estado e influenciando nas determinações.

Apesar de informar que vai seguir temporariamente o que indica o mapa vigente de 21 a 27 de julho, publicado pela Secretaria estadual de Saúde, no final da tarde de ontem (20), a administração municipal garante que entrará com um novo recurso uma vez que o município se enquadra na regra 0-0, não havendo nenhum caso de óbito ou internação hospitalar de paciente em função de Covid-19 nos últimos 14 dias.