Na metade da tarde desta quinta-feira, 16 de abril, a administração municipal de Arambaré emitiu um novo decreto que trata da flexibilização do funcionamento do comércio na cidade.

Todos os estabelecimentos comerciais e prestadores de serviço foram liberados para funcionar e exercerem suas atividades contudo o decreto determina medidas de prevenção ao contágio pelo coronavírus, sobretudo o uso de máscaras pelos funcionários que procedam atendimento ao público.

Caberá também aos comerciantes a organização de filas em espaços externos de seus estabelecimentos, com demarcação de espaços para garantir a distância mínima de dois metros entre as pessoas.

Uma das preocupações dos gestores foi pelo fato de que Arambaré é uma cidade turística e que nos próximos dias haverá dois feriados seguidos, portanto ficou determinado que estabelecimentos de hospedagens, incluindo pousadas, hotéis e casas de aluguel podem funcionar desde que com 50% de suas capacidades. Neste sentido foi criado um formulário, que está disponível no site da prefeitura, de preenchimento obrigatório pelos proprietário deste estabelecimentos.

Também na página foi criado um espaço para denúncias onde qualquer pessoa que identifique uma irregularidade do que estabelece o decreto poderá informar de forma digital para que os agentes públicos possam tomar as medidas necessárias para resolver a questão.

As novas decisões no município considerou o decreto emitido pelo Governo do Estado, nesta quarta-feira (15), bem como as medidas que vem sendo tomadas na cidade para a prevenção contra o coronavírus, de modo que não há nenhum caso confirmado no território, e ainda o fato de que o hospital de referência, em Camaquã, conta com 20 leitos destinados a pacientes de Covid-19, tendo apenas um destes leitos ocupado na presente data com um caso suspeito.

A administração municipal destacou ainda que o decreto estadual em nada modificou as determinações que tratam da interdição das praias, portanto mesmo que hajam os feriados e que o comércio volte a trabalhar de maneira parcial, as praias continuam interditadas.

Confira o decreto na íntegra.