Os registros na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Camaquã no primeiro dia útil de 2021 dão conta de pequenos delitos que lesaram financeiramente alguns moradores e da ação da polícia na cidade.

Em uma das ocorrências um lojista relatou que na manhã da segunda-feira (04), notou que o telhado e o forro do seu estabelecimento, situado na Rua Júlio de Castilhos, estavam danificados. O comerciante informou que foram furtados do local mais de 80 kg de fios de cobre esmaltado, tipo 19AWG 180.

Em outro caso uma pedestre disse que foi seguida por dois indivíduos, por duas quadras nos arredores de um supermercado, no centro da cidade, quando próximo à praça do INSS foi abordada pelos criminosos que anunciaram o assalto, levando seu aparelho e R$ 80,00 em dinheiro. O fato ocorreu por volta das 17 horas, da segunda-feira (04). A vítima não restou lesionada e os suspeitos, conforme relato da mesma, eles não estavam armados.

Em mais um registro uma moradora da Rua Bento Gonçalves, centro da cidade, informou que ao chegar em sua residência percebeu que havia um buraco no forro do quarto. Disse que ao revisar a casa deu falta de uma Smart TV 39’, marca Philco, roupas, perfume, jogo de lençóis e uma pulseira de ouro. Segundo relato da vítima o fato ocorreu na virada do ano.

Ainda na segunda-feira, 04 de janeiro, uma equipe de policiais civis da Operação Verão/2020/2021, em Camaquã, cumpriu um mandado de prisão no bairro Bom Sucesso, quando restou preso preventivamente um homem foragido da justiça com vasto histórico de furtos que, após os trâmites de rotina na DP, foi encaminhado para o Presídio Estadual de Camaquã.