“A fase de orientação e pedidos à população acabou”.  Esse foi o recado dado pelo sargento da Brigada Militar, Denilson Macedo na tarde desta terça-feira, 18 de agosto, em Sertão Santana, quando se referiu às medidas que a corporação em conjunto com a fiscalização sanitária municipal pretende adotar no município para coibir atos ou atividades de pessoas que possam colocar em risco a saúde de terceiros ao desobedecerem os protocolos de segurança estabelecidos para a prevenção contra o coronavírus.

O esclarecimento foi feito em um pronunciamento oficial na página do Facebook da Prefeitura Municipal, em que participaram também o procurador do município André Santana, o fiscal municipal Diego Chamorro e o médico Jheyme Sartori, após uma reunião que tratou do tema da prevenção contra a Covid-19 durante a tarde.

Santana explicou que medidas mais duras terão que ser implementadas e que a partir da sexta-feira (21) os bares deverão permanecer fechados, lancherias e restaurantes só poderão funcionar no sistema “pague e leve” e os comércios essenciais terão aumentadas as restrições. Porém o procurador enfatizou ainda mais a questão de festas particulares no município, onde se aglomeram pessoas, destacando que as mesmas estão terminantemente proibidas e que os responsáveis são passíveis de multas e poderão responder por crime.

Confira o vídeo: