Nesta semana, o mapa passa a ter 21 regiões, já que os 19 municípios das regiões Carbonífera e Costa Doce foram desmembrados de Porto Alegre e reagrupados com o nome de Guaíba. Mesmo assim, a região é uma das 12 classificadas como risco epidemiológico alto.

Após atualização no modelo de Distanciamento Controlado, ocorrido na tarde desta sexta-feira (07/08), o município camaquense continua na Bandeira Vermelha.

Não foi só Camaquã que ficou na Bandeira vermelha, demais municípios da Costa Doce e da Região Carbonífera, também permaneceram. São 40 leitos de UTI divididos entre Guaíba, Charqueadas,São Jerônimo e Camaquã, que atendem os 19 municípios que integram a microrregião.

Diante da bandeira vermelha, segue com muita restrição as atividades comerciais dos municípios. Apesar disso, nessa semana houve uma flexibilização que permite funcionamento do comércio varejista não essencial entre quarta até este sábado (08/08), das 10h às 16h. Já os restaurantes podem funcionar no horário do meio-dia.

A partir da próxima semana entra em vigor o modelo de cogestão do Distanciamento Controlado, o que dará mais autonomia aos municípios.

Foto Divulgação RS

Bandeira vermelha

Capão da Canoa

Palmeira das Missões

Erechim

Pelotas

Bagé

Uruguaiana

Novo Hamburgo

Porto Alegre

Canoas

Taquara

Passo Fundo

Guaíba

Bandeira laranja

Lajeado

Santa Maria

Santo Ângelo

Cruz Alta

Ijuí

Santa Rosa

Caxias do Sul

Santa Cruz do Sul

Cachoeira do Sul