A Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Camaquã efetuou mais um registro de um morador da cidade que revelou ter sido vítima do famoso “golpe do nudes”.

De cordo com as informações do comunicante ele trocou fotos íntimas via aplicativo WhatsApp com uma suposta mulher que em determinado momento disse ser menor de idade, então um homem passou a fazer parte da conversa fazendo chantagem e exigindo o valor de R$ 5 mil para manter o caso em sigilo e não denunciar o fato a polícia, caso contrário, se se negasse a pagar a quantia exigida, seria efetuado um pedido de prisão contra ele.