Uma camaquense procurou a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento, DPPA Camaquã, para registrar que já faz dois meses que tem o seu benefício de Prestação Continuada de Assistência Social sacada por um estelionatário. Conforme a vítima ela recebe o BPC há mais de 20 anos o valor correspondente a um salário mínimo mensal, contudo nos meses de janeiro e fevereiro teve o valor casado de forma integral por algum estelionatário.

A vítima disse que fez contato telefônico com o Banco do Brasil através do 08007295678, sendo informada a retirada do valor, mas não teve mais retorno. Ela desconhece quem tenha sacado o seu benefício.