Caminhoneiros preparam manifestações

Já na noite deste domingo, 21 de maio, alguns caminhoneiros se mobilizavam entorno das manifestações pelo país e nesta segunda-feira (22) o movimento deve iniciar oficialmente pelas rodovias em protesto pelo elevado custo de produção do transporte, sobretudo em relação ao preço dos combustíveis.
Entidades representantes do setor cobram uma resposta do Governo Federal a um ofício encaminhado no dia 15 de maio. O documento reclama e pede intervenção nas constantes altas dos combustíveis e na cobrança excessiva de pedágios, já que são considerados mesmo os eixos suspensos dos caminhões sem carga que trafegam pelas rodovias.
De acordo com lideranças sindicais, em Camaquã, a BR-116 deverá ser totalmente interditada ao longo do dia, provavelmente próximo ao posto de combustíveis 125, contudo a decisão oficial sobre a greve deverá ocorrer após uma reunião por videoconferência entre os 12 sindicatos integrantes da Federação dos Caminhoneiros Autônomos, prevista para as 11 horas desta manhã.
O caminhoneiro autônomo, Rodrigo König, morador de Pessegueiros, interior de Cerro Grande do Sul, disse que a situação está inviável para os fretes, por conta dos altos custos. Ele integra as manifestações e pede o apoio dos agricultores. “Temos que parar pra chamar a atenção pra nossa situação que é insustentável, do mesmo modo que o agricultor está sendo penalizado com o preço do diesel. É preciso unirmos força numa luta que é de todos e para todos”, disse.
Pelas redes sociais, em grupos de caminhoneiros, as reclamações se alinham e a maioria concorda com os movimentos, porém alguns chamam a atenção para a necessidade de unidade e pedem para que as maifestações, apesar de duras, sejam pacíficas.

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: