Há 20 anos provendo internet na região, a empresa Conectsul é responsável por oferecer este serviço tão essencial nos dias de hoje para o desenvolvimento das mais diversas atividades diárias, seja no comércio, nas indústrias, em setores públicos ou mesmo na rotina pessoal de cada um.

Com sede em Tapes, a Conectsul Construindo Conexões, opera numa microrregião da região Centro Sul do Rio Grande do Sul, provendo acesso aos municípios de Tapes, Sentinela do Sul, Cerro Grande do Sul, Sertão Santana, Mariana Pimentel, Barão do Triunfo, Barra do Ribeiro e interior de Camaquã, atendendo assim, aproximadamente 4.500 km2, sendo pioneira nesta região e se mantendo até hoje como líder de mercado.

À frente da administração da empresa está o empresário Derli Pereira Junior que concedeu uma entrevista ao Regional falando dos desafios de um provedor local em promover as melhorias necessárias neste serviço ao longo dos anos e acompanhar o desenvolvimento tecnológico cada dia mais dinâmico.

Confira a entrevista:

Regional: Conte um pouco sobre a origem da Conectsul?

Junior: A Conectsul surgiu no final da década de 90, basicamente da necessidade de outra empresa nossa que trabalhava com informática e que começou a demandar de um serviço totalmente novo à época a conexão a internet e para tal, era necessário fazer ligações interurbanas que eram muito, mas muito caras, e, ocupavam 100% a linha telefônica, o que além de encarecer também inviabilizava o uso da linha para o fim principal que eram as chamadas telefônicas, pois os celulares também não eram populares naquele tempo.

Regional: Quando e porque a empresa decidiu ser provedora de internet?

Junior: Como dito antes, era uma época muito difícil, ainda quase que totalmente analógica, com a única empresa de telecomunicações do estado (CRT) em meio a um processo de privatização, e, para efeitos de comparação, uma linha telefônica na época custava U$ 5.000 (algo próximo a R$ 26.000,00 hoje). Nesse ínterim, como precursores em informática na região, visitamos feiras, buscamos parceiros, chegamos a ter contato na época com um provedor de Porto Alegre, um dos pioneiros no Brasil, para abrir atendimento com número local em nossa cidade, o que foi inviabilizado pela baixa densidade/potencial de crescimento da região, na avaliação dessas grandes operadoras.  Nesse momento, já com uma boa base de conhecimento adquirida, e com espírito empreendedor, aliado a dois grandes amigos/parceiros que juntamente conosco, compraram a ideia, decidimos criar a Conectsul, que iniciou com uma central de 20 linhas para atendimento de internet discada e uma torre para atendimento sinal via rádio da cidade de Tapes e também, uma empresa no distrito industrial distante 7km da cidade. Optamos por já construir nossa torre, justamente por saber da carência e elevado custo das linhas telefônicas, o que acredito ter sido nosso diferencial e um dos pilares para a alavancagem da empresa, pois com a tecnologia via rádio conseguimos entregar muito mais velocidade e chegar a lugares onde nenhum outro provedor pensou em atender.

Regional: Quais as principais dificuldades enfrentadas neste setor?

Junior: rsrsrsrs, no Brasil quase todo o empreendimento tem oportunidades e dificuldades e  elas vão mudando com o passar dos anos… tivemos dificuldades desde mão de obra especializada, inexistente na região, o que nos levou a optar em formar toda nossa equipe, com treinamentos e reciclagens permanentes, também dificuldades financeiras, pois os volumes de investimento são altíssimos e em alguns casos – a grande maioria – precisamos trocar não só a tecnologia de nossa estrutura, bem como todos os equipamentos em todos os assinantes (estamos indo pra 7 geração, ou seja, existem casos em que trocamos 7 vezes os equipamentos na casa dos assinantes no decorrer desse tempo, na modalidade de comodato, sem custos para o cliente).  Outro ponto é o corporativismo e desinteresse das grandes teles em nossa região, houveram contratos que pra fazer aumento de velocidade, tivermos de esperar mais de um ano após contrato assinado, e para minimizar isso, acabamos construindo redes de infraestrutura próprias, com altíssimo custo, o que nos fez reinvestir quase todo o resultado operacional da empresa nela mesma, além disso, manter todas essa malha funcionando 24 h por dia, 7 dias por semana demanda uma dedicação e engajamento de todos os sócios e colaboradores, não raro, nos dias mais frios, quentes ou chuvosos termos de visitar uma estação em plena madrugada, para que nosso assinante as vezes nem perceba certas instabilidades.

Regional: Fale sobre o surgimento da fibra e como a empresa está fazendo essa transição?

Junior: Nós inovamos e fomos pioneiros na região com o Rádio para atender com mais velocidade, qualidade, capilaridade que a linha discada (a época) ou o ADSL (noutra época), e, graças a essa atitude foi e segue sendo possível realizar a inclusão digital de nossa gente, mesmo em áreas remotas, pois a construção de repetidoras nos morros mais altos da região nos permitiu atender de igual forma as áreas urbanas e rurais,  sempre com excelência, e acompanhando as taxas médias de velocidade nacionais, e isso já a 20 anos! A nossa cultura é a da inovação e do compromisso com nosso assinante, e, com esse mantra em nosso dia a dia, desde 2014 (7 anos atrás) estamos investindo fortemente em fibra óptica, sendo pioneiros (novamente) em praticamente todas as cidades em que atuamos. Utilizando equipamentos de ponta e das melhores marcas, temos hoje uma rede moderna e confiável, preparada para as novas demandas desse mercado que não para de evoluir. No último ano investimos e ainda estamos investindo muito pesado na migração dos assinantes de rádio para fibra em todas as zonas urbanas, concedendo descontos e estímulos, primeiro para quem já é assinante, ratificando mais uma vez nosso comprometimento com quem já está conosco.

Regional: Em uma época que as redes sociais ampliam a voz popular e com exigências cada dia maior por qualidade, como tem sido a relação com os clientes?

Junior: Boa pergunta… Nós somos uma empresa de comunicação, e nosso trabalho é conectar “nossa gente” ao mundo digital e, graças ao nosso comprometimento com qualidade, treinamentos internos, diversos canais de comunicação (Central 24h 51. 4063-8974, escritório em Tapes aberto ao público, whatsapp 51. 99984-2374, parcerias representativas com técnicos das cidades onde operamos) temos, proporcionalmente poucas reclamações. Claro que todo o serviço pode ter falhas, e isso é absolutamente normal, o que costumo dizer internamente para nossa equipe é… vamos testar/afinar/ajustar tudo que pudermos, vamos ser tão criteriosos e atentos aos detalhes técnicos e procedimentais, a ponto de diagnosticarmos e eliminarmos as falhas antes mesmo que nosso assinante perceba. Sim, já houveram casos de ficarmos tristes com algumas publicações que denegriram nossa empresa, principalmente quando não se teve um contato pelos canais oficiais que proporcionariam uma resolução mais rápida e efetiva da causa, mas em todas, com muito diálogo e interatividade de nossa equipe com os assinantes, conseguimos encontrar uma solução para o caso em questão. E ainda existe a questão da proximidade, o fato de estarmos totalmente inseridos na comunidade, o que possibilita essa relação harmoniosa e de troca constante, pois além dos canais oficiais, muitos tem nossos contatos pessoais e/ou meios de nos contatar por qualquer rede social.

Regional: Fale sobre a equipe da Conectsul.

Junior: Nossa equipe tem como base uma família, família de sangue ou de afeto, alguns estão conosco há muito tempo, já trouxeram até familiares para trabalhar junto, e  como disse anteriormente, a empresa, a equipe foram forjados aqui mesmo, todos aprendemos juntos sobre tecnologia, inovações, tendências, e, justamente por “ser da gente, ser daqui” é que ela tem conexão total com as necessidades do nosso assinante, as peculiaridades da região, conhecemos as pessoas pelo nome, e não por um número. O que posso afirmar com relação a equipe, é que confio 100% na educação e capacidade de cada um e no time que compõe junto essa linda equipe.

Regional: A empresa já enfrentou algum tipo de crise?

Junior: Várias … acho que é comum no Brasil, empresas familiares, pequenas e médias enfrentar crises, até podemos usar o já clichê, tire o S e CRIE, usamos isso ao pé da letra e aproveitamos todos os momentos de crise para nos reinventar, rever processos, inovar, tirar algo de bom da situação e posso afirmar, que sempre saímos mais fortes e unidos.

Regional: A Conectsul também sofreu os reflexos da pandemia?

Junior: Sim, essa pandemia ressignificou muita coisa, desde relações pessoais até relações internacionais, o que sentimos foi um compromisso muito grande em manter todos os serviços funcionando com o aumento da necessidade, falta de equipamentos no mercado, risco de uma contaminação interna que poderia parar toda a equipe. Com todos os cuidados necessários abrimos mão de novas instalações para clientes por um período, afim de garantir estoque pra quem já era cliente, aumentamos e tornamos ilimitados os pontos de internet grátis (hoje são mais de 40 pontos em Toda nossa área de atuação), aumentamos em 30% a velocidade de todos os assinantes sem nenhum custo adicional aos mesmos, contratamos novas operadoras, enfim, CRIAMOS soluções para que nosso maior bem, os assinantes, tivessem em nós um porto seguro.

Regional: Projete o futuro.

Junior: O Futuro é digital, IoT (internet das coisas) o Agro, cada vez mais conectado, ensino a distância consolidado, estamos prontos e evoluindo a cada dia para acompanhar essas tendências e continuar sendo referência e sinônimo de qualidade para nossa região, cada dia reforçando e criando conexões com nossos assinantes e novos mercados.

Quero aproveitar a oportunidade para agradecer a todos nossos assinantes pela confiança em depositada na Conectsul, dizer que é por eles que todos os dias fizemos mais e melhor, que temos orgulho em ser daqui, ser regional, reforçar nosso atendimento 24 horas pelo fone 51. 4063-8974 e via whatsapp em horário comercial 51. 99984-2374, e deixar o canal aberto, meu e-mail particular junior@conectsul.com.br, para receber críticas / sugestões / ideias e tudo que possa nos aproximar ainda mais. Muito obrigado!