A secretaria da Agricultura de Meio Ambiente de Cerro Grande do Sul vai promover um mutirão de coleta de lixo eletrônico na próxima quarta-feira, 30 de janeiro. A iniciativa visa recolher e destinar de forma correta a maior quantidade possível de aparelhos eletrônicos que não estão mais funcionando e evitar que este material seja descartado de forma errada no meio ambiente.

Durante o dia haverá dois pontos de coletas, das 08h30min às 17h, sendo um na própria secretaria, na Rua Dr. Henrique Vilanova (no antigo hospital) e o outro na prefeitura (sede administrativa), na Rua Ernesto Ingomar Schmaedecke, 71. Poderão ser descartados eletroeletrônicos e eletrodomésticos em geral, equipamentos de informática, áudio, vídeo, telefonia, manutenção elétrica, televisores, dentre outros. Também haverá o recolhimento de vidros de qualquer tipo, como garrafas, vidro de compotas, espelhos, exceto para-brisas de automóveis.

Não serão recebidas lâmpadas fluorescentes, já que as mesmas devem ser entregues na mesma loja em que foram compradas.

Segundo o secretário municipal adjunto de Meio Ambiente, Robeson Vaz, anualmente o município recolhe cerca de 30 mil quilos de equipamentos eletrônicos resultantes de mutirões e coletas diárias. Este material é levado para uma empresa especializada em reciclagem de eletrônicos e transporte de resíduos industriais, em Nova Horizontina (RS). Já os vidros seguem para outra empresa em Sapucaia do Sul (RS).

Riscos

Entre os metais pesados presentes no lixo eletrônico estão o chumbo, cádmio, mercúrio, chumbo, arsênio, berílio extremamente nocivos à saúde. Além do câncer, alergias e problemas nos sistemas nervoso, endócrino e imunológico, a destinação incorreta desses produtos contaminam o solo e águas subterrâneas, comprometendo qualidade da água e a vida da fauna aquática.