Vacina contra Covi-19 avança no Estado Gaúcho

A forte campanha de vacinação contra o coroanvírus avança no Estado, e já tem municípios vacinando público abaixo dos 50 anos de idade, sem comorbidades.

O Conselho das Secretarias Municipais de Saúde do RS (Cosems-RS), destaca que para se avançar no combate a pandemia é fundamental essa chegada de novas vacinas.

Para o secretário executivo do Conselho, Diego Espíndola, mutirões devem seguir em boa parte das regiões.

“Queremos seguir no topo do ranking de vacinação. Se continuar a regularidade na entrega, por parte do Ministério da Saúde, as perspectivas de avanço são ainda mais positivas nos próximos dias” – disse.

Parobé

Parobé, no Vale do Paranhana, vai alcançar o público de 40 anos de idade a partir de segunda-feira (14). Até a sexta-feira (11), eram atendidas as pessoas com 48 anos de idade ou mais. A unidade básica de saúde Integração aplicará as doses, entre 8h e 19h. É preciso agendar o atendimento pelo número (51) 9-8045-2622, via WhatsApp.

 

São José do Norte

No Sul do Estado, São José do Norte ampliou a vacinação para quem tem a partir de 44 anos. São mil doses aplicadas neste sábado, até as 14h. Três locais podem ser procurados: a Escola Soares de Paiva, o salão paroquial da Igreja Matriz, e o drive-thru na Rua Marechal Deodoro. É obrigatório apresentar o documento de identidade com CPF e comprovante de residência.

O município incluiu caminhoneiros, motoristas e cobradores de ônibus no atendimento, segundo o Secretário da saúde de Campo Bom, João Paulo Berkembrock.

A única cidade da Região Metropolitana com vacinação abaixo dos 50 anos, por enquanto, é Esteio. O público a partir de 48 anos de idade precisa agendar o atendimento, por este link.

 

Esteio

A única cidade da Região Metropolitana com vacinação abaixo dos 50 anos, por enquanto, é Esteio. O público a partir de 48 anos de idade precisa agendar o atendimento, na Secretaria Municipal da Saúde da cidade.

São exigidos nome completo, data de nascimento, CPF, telefone e endereço – quem tem comorbidades ou deficiência permanente (a partir dos 18 anos) deve especificar o caso. O atendimento vai até as 16h30, no parque de exposições Assis Brasil (Km 13 da BR-116), no formato drive-thru. É preciso apresentar comprovante de residência, identidade e atestado da comorbidade, quando informada.

 

Campo Bom

Já Campo Bom, no Vale do Sinos, atende pessoas com 49 anos. O atendimento ocorre de duas formas: tanto para quem está de carro quanto à pé, em espaços distintos do Centro Cultural – CEI Campo Bom (Avenida dos Estados, 1080). A vacinação começou às 9h e encerrou agora as 13h neste sábado.

O município incluiu caminhoneiros, motoristas e cobradores de ônibus no atendimento, segundo o Secretário da saúde de Campo Bom, João Paulo Berkembrock.

– Só a vacina vai fazer a gente voltar a ter uma rotina mais parecida com o que tínhamos antes – defende o gestor.

Fonte: GZH