Um grupo de criminosos está espalhando o terror por localidades do interior de Camaquã, na região das localidades de Galpões, Bonito e Passo do Capitão Jango, nesta sexta-feira, 29 de outubro.

Pelo menos quatro indivíduos fortemente armados são suspeitos de terem executado um jovem de 17 anos, em Camaquã, no final da tarde de quinta-feira (28). Depois disso o grupo fugiu em um veículo Siena, vermelho, mas se envolveram em um acidente na estrada da localidade de Galpões, quando iniciou uma série de ocorrências pelo interior.

Primeiro os fugitivos invadiram uma propriedade rural e furtaram um veículo Monza, azul para seguir a fuga, porém próximo a localidade de Bonito o carro estragou e foi abandonado às margens da estrada.

Já os populares informaram em aplicativos de mensagens, no início da tarde que três bandidos armados com arma longa e pistolas assaltaram um casal de idosos próximo ao “lixão” municipal, quando agrediram as vítimas.

Em algum momento os bandidos furtaram um Toyota Corolla, cor prata, e seguiram em direção a localidade de Bonito, quando na estrada da localidade de Passo do Capitão Jango o pneu dianteiro do carro furou e eles furtaram outro carro.

Foto: Divulgação/redes sociais

Desta vez invadiram a propriedade de um servidor público municipal de Camaquã e o renderam junto com seu filho quando ambos estavam em frente à casa consertando uma moto. Os homens que vestiam roupas semelhantes as fardas da polícia civil apontaram armas, fizeram ameaças e agrediram o morador com coronhadas na cabeça.

Foto: Divulgação/redes sociais

Eles roubaram o automóvel Pálio, cor prata, do servidor público e seguiram a fuga, mas logo em seguida colidiram em um barranco e mais uma vez tiveram que abandonar o carro. No momento seguinte renderam um motorista de um caminhão de um frigorífico, tomaram-lhe o veículo e o levaram de refém, mas em seguida pararam para mais uma vez para roubar outro carro, momento em que a vítima conseguiu fugir dos criminosos.

Foto: Divulgação/redes sociais

Está montado um cerco policial na região com agentes da polícia civil e policiais militares que tentam capturar o grupo. Até o fechamento desta matéria não havia informações de qual veículo os fugitivos estariam utilizando. Existe a suspeita de que eles possam ter tomado o rumo de Cerro Grande do Sul, pela estrada da localidade de Formoso.