Curso de aplicador de herbicida hormonal passa a ser obrigatório em 1º de junho

Produtor rural deve procurar entidades para buscar capacitação na área

A partir de 1º de junho, todos os usuários de herbicidas hormonais no Rio Grande do Sul deverão possuir curso de aplicador. A partir dessa data, a regra da Instrução Normativa 06/2019, que orienta o cadastro dos aplicadores de produtos agrotóxicos hormonais e a necessidade do produtor prestar informações, começa a valer para todo o Estado.

O curso deverá ser promovido por órgãos e serviços oficiais de extensão rural, instituições de ensino de nível Médio e Superior em Ciências Agrárias, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) e demais entidades, tais como sindicatos, associações de produtores rurais, associação de profissionais, cooperativas de produção agropecuária, empresas de assistência técnica agropecuária, desde que ministrado por profissional habilitado.

Opções para o produtor rural fazer o curso

  1. Pelo sindicato rural, que canaliza os pedidos e leva ao Senar (Farsul).
  2. Procurando a Emater.
  3. Via revenda, que deve levar a demanda ao fabricante, ou cooperativas.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios
%d blogueiros gostam disto: