A Polícia Civil através da  Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (Decrab) Camaquã realizou na tarde desta quinta-feira, 02 de janeiro, por volta das 13h30min, a prisão preventiva do indivíduo identificado pelas iniciais M.E.V.S., de 36 anos de idade, o qual estava na residência de sua mãe na Av. Cônego Walter.

Participaram da operação agentes da Decrab, da DP Camaquã e policiais civis da Operação Verão. A Prisão preventiva foi representada pela DP Camaquã, em virtude do envolvimento preso como sendo um dos autores de furto qualificado em uma empresa, na madrugada do dia 31 de dezembro, ocasião em que cabos de energia foram cortados e queimados no local. Quando o grupo foi surpreendido pelo segurança, entraram em luta corporal contra o mesmo quando M.E.V.S. foi atingido por um disparo de arma de fogo nas pernas, efetuado por seu próprio parceiro.

Neste momento os parceiros do ferido fugiram do local e o segurança conseguiu deter o acusado até a chegada da Brigada Militar. Em virtude dos ferimentos, o acusado foi encaminhado para o pronto socorro para atendimento médico e posteriormente liberado. A autoridade policial plantonista representou pela prisão preventiva e foi acatado nesta quinta-feira (02).

A Decrab Camaquã já havia identificado M.E.V.S como o líder de um grupo de abigeatários e também de tráfico de entorpecentes, sendo remetido ao judiciário sete inquéritos policiais onde foi representado pela prisão de M.E.V.S e dos demais integrantes da quadrilha, mas até o momento o pedido não foi apreciado pela justiça.

Após a prisão, o acusado foi encaminhado para exames de lesão corporal e posteriormente a DPPA para formalizar o registro, seu depoimento e após foi encaminhado ao Presídio Estadual de Camaquã.