Foram definidos na manhã desta sexta-feira (19) os membros que irão integrar a Frente Parlamentar de Acompanhamento da Covid-19 (novo coronavírus). A Frente terá como presidente o vereador que propôs a criação do grupo de trabalho, vereador Ilson Meireles (Progressistas), vice-presidente Vinícios Araújo (MDB) e secretário Fabiano Medeiros (PSDB). A Frente terá ainda como membros suplentes os vereadores Marivone Ramos (PT), Nilza Puschnerat (PSDB), Marcelo Gouveia (Progressistas) e Marconi Dreckmann (DEM).

A Frente tem por finalidade o acompanhamento, por parte dos parlamentares, da evolução do vírus no município, bem como a programação de ações de prevenção junto ao governo municipal, no sentido de informar a população dos perigos da contaminação, principalmente nos grupos de risco, bem como, buscar alternativas para manter a economia do Município.

Conforme Meireles, com a Frente Parlamentar o Poder Legislativo irá exercer com maior eficácia a sua função fiscalizadora, especialmente no que diz respeito às políticas públicas de enfrentamento à pandemia, protocolos de testagem e transparência na divulgação de dados. “É possível que vereadores, profissionais de saúde e representantes de instituições de saúde intensifiquem a busca de recursos financeiros para auxiliar no combate ao coronavírus no município”, destaca o presidente.

Durante a reunião, Meireles destacou a necessidade de acompanhar os recursos que foram destinados pela Câmara ao Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA), bem como o emprego dos recursos. “A comunidade pede que sejam prestadas contas sobre o uso dos recursos”, avalia.

O presidente ressaltou que o grupo de trabalho se preocupa com a situação econômica do município. “Iremos trabalhar também para garantir a saúde financeira do município”, explica o vereador.

A próxima reunião com as primeiras ações a serem tomadas irá ocorrer nos próximos dias.

 

Fonte: Mayara Farias – Ascom Câmara de Vereadores de Camaquã / Foto: Fábio Silva