A Secretaria Especial da Mulher, do Trabalho e Desenvolvimento Social tem procurado desempenhar seu principal papel de assistência às pessoas em vulnerabilidade social, e com este intuito, o setor responsável pelo Albergue Municipal, o qual é coordenado por Marilda Bergmann da Rosa, recebeu a doação de camas, colchões, travesseiros, cobertores e lençóis, da Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes de Arambaré.

Com esta doação pode-se amenizar a situação das pessoas necessitadas, sendo assim a Secretaria, através do Serviço de Acolhimento Institucional para Pessoas e Moradores de Rua, criou uma extensão do albergue, que funcionará em caráter emergencial neste período da pandemia nas dependências da Secretaria. Serão disponibilizadas camas, refeições e higiene, além de contar com um quadro de funcionários para atender especificamente essa demanda.

A pasta esta tentando se ajustar ao máximo para responder ao anseio dessa comunidade, uma vez, que atualmente o albergue em funcionamento, conta com sua capacidade máxima comprometida. Mesmo antes da pandemia, usuários já foram recolhidos das ruas por não existir vínculos familiares, sabendo que a demanda é só aumentar. Por isso, a necessidade urgente de ampliar esse espaço e oferecer acolhimento adequado para os usuários.

O albergue é uma casa de passagem, e sua principal função é oferecer acolhimento emergencial. Além do público camaquense, a casa tem atendido os usuários transeuntes, como por exemplo, os argentinos e uruguaios que ficam nas principais vias de trânsito da cidade mostrando o seu trabalho de arte circense. Através destas ações de acolhimento pode-se mostrar que Camaquã é realmente uma terra hospitaleira.

Preocupados com o psíquico e emocional dos acolhidos no albergue, a coordenação procurou inovar nas atividades, uma vez, que por conta da pandemia Covid 19, os mesmos encontram-se resguardados dentro da instituição. Sendo necessário o auxilio de orientadora social e professora de educação física, como também, de uma psicóloga para o desenvolvimento de atividades lúdicas no intuito de não contribuir para a ociosidade.

Fonte: Ascom Pref. Mun. Camaquã