Já passamos de ¼ do campeonato brasileiro e a dupla Grenal continua com uma campanha abaixo na crítica no certame nacional.

O Grêmio no sábado foi novamente derrotado, desta vez para o Bragantino pelo placar de 1×0. Neste campeonato perder dentro dos domínios da equipe paulista é aceitável, mas não é aceitável a postura da equipe que deixa de atacar pensando somente em se defender. Abdica de jogar futebol com uma retranca incrível. Felipão não está conseguindo arrumar o time do meio pra frente, tanto é que no jogo contra o Bragantino das 7 finalizações apenas uma foi no gol.

A insistência em Cortez como lateral titular tem tirado a paciência da torcida, pois Guilherme Guedes lateral da base no pouco que já jogou com a camisa do tricolor já mostrou ter muito potencial e pode dar conta do recado jogando como titular.

Jean Pyerre, meia da base está sendo “sacrificado” neste estilo de jogo, pois o Grêmio deixa de jogar com a bola pra marcar e fazer marcação nunca uma característica deste jogador. Sua qualidade é com a bola no pé fazendo o time jogar, mas o comandante prefere apenas escapar em contra-ataques.

Na próxima rodada o Grêmio recebe a Chapeconese na Arena. Com apenas 7 pontos o tricolor ocupa a 19ª colocação.

Empate amargo

As coisas também não estão nada boas pelo lado do Beira-Rio, Diego Aguirre continua sem conseguir fazer o time colorado engrenar e a equipe está se aproximando da zona de rebaixamento.

Pela 14ª rodada o Inter apenas empatou com o Cuiabá no Beira-Rio, a atuação não foi nada boa, o time não se encontrou dentro de campo e após o resultado as cobranças vieram ao comandante que teve a semana inteira para preparar a equipe, mas não conseguiu apresentar nada de novo.

Com o empate o colorado ocupa a 15ª posição, apenas 3 pontos do São Paulo que abre o Z4.