A Emater/RS-Ascar está se somando na luta contra o coronavírus no Rio Grande do Sul e em nota emitida pela esta semana justifica que a entidade também atua como articuladora nas ações de educação e promoção da saúde, portanto ao perceber o cenário atual da pandemia, entendeu que é fundamental colaborar no alerta e nos esclarecimentos relacionados a vacinação.

Neste sentido, foi organizada uma campanha que tem como objetivo contribuir, incentivar e sensibilizar as pessoas sobre a importância da vacinação contra a Covid-19.

A nota destaca ainda que a Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que as vacinas possam salvar entre 2 e 3 milhões de vidas todos os anos e, por isso, são as melhores opções para se resguardar de uma doença.

A Emater/RS-Ascar destaca o fato de que muitas pessoas já estão vacinadas e protegidas, porém, alerta que tantas outras não aparecem nas unidades de saúde para tomar a primeira dose ou até mesmo para a segunda dose. Sublinhou ainda que o início da proteção se dará após 15 dias da segunda dose, exceto no caso da vacina de dose única.

Especialistas em saúde estimam que o momento crítico da pandemia esteja passando, mas para isso se efetivar é necessário cada um fazer a sua parte. Não adianta ter vacinas disponíveis se a população não se vacinar.

Ainda na nota a Emater/RS-Ascar ressalta que qualquer vacina licenciada é rigorosamente testada e passa por várias fases de testes antes de ser aprovada para uso. Os imunizantes desenvolvidos apresentam tecnologias diferentes, mas todos são seguros e eficazes. Mas, nenhuma vacina previne 100% das mortes e casos de Covid-19, pois depende de o indivíduo desenvolver proteção adequada (imunidade) e da redução da taxa de transmissão coletiva. Por isso cuidados ainda prevalecem após a vacina, como higienização constante de mãos e objetos, uso de máscara e distanciamento social.

A entidade reforça:

Não esqueça: nosso inimigo é o vírus e só venceremos essa batalha juntos!

As vacinas não são uma proteção individual e sim coletiva!

Vacine-se e proteja a sua e outras vidas!

Fonte: Emater/RS-Ascar